Pelé 80 anos: Atlético-MG já teve torcida do Rei e foi o último clube a vencer a seleção antes da Copa de 70

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: Pelé 80 anos: Atlético-MG já teve torcida do Rei e foi o último clube a vencer a seleção antes da Copa de 70

No dia em que o Rei do Futebol completa 80 anos, o Esporte News Mundo traz a relação de Pelé com o Atlético. Relação essa que surgiu desde a infância do pequeno Edson Arantes, que nasceu em Minas Gerais, em Três Corações.

TORCEDOR DO GALO
Todo mundo sempre quis saber qual é o time do Pelé, mais recentemente, ele revelou que foi e ainda é torcedor do Vasco, mas obviamente que tem um carinho enorme pelo Santos, onde jogou quase toda sua carreira. Mas o que poucos sabem é que na infância, Pelé era torcedor do Atlético. O pai do Rei atuou no Galo em 1940 e, em 1999, em entrevista a Revista Placar, o Rei disse:

— Eu torcia pelo Atlético Mineiro, porque meu pai, Dondinho, jogou lá.

DERROTA PARA O ATLÉTICO ANTES DO TRI
Em 1969, a embalada Seleção Brasileira havia se classificado para a Copa de 70 no México. Foram seis vitórias em seis jogos do Brasil nas eliminatórias. Mas em 3 de Setembro de 1969, dias após vencer sua última partida pelas eliminatórias, a seleção brasileira foi ao Mineirão enfrentar o Atlético em um amistoso. O jogo era válido também em comemoração aos quatro anos da inauguração do estádio.

O técnico no Brasil na época, João Saldanha, não estava muito contente com o jogo, queria que os jogadores descansassem. Para amenizar a situação, os jogadores do Atlético jogaram a partida como sendo a Federação Mineira de Futebol, com uma camisa vermelha com a logo da FMF. Antes da partida, uma preliminar entre Cruzeiro e América foi disputada.

O Brasil estava completo para enfrentar o Atlético, com, por exemplo, o Capita” Carlos Alberto Torres, Piazza, Gérson “Canhotinha de Ouro, Tostão e claro, o Rei. O Atlético tinha como principal atração Dário, o “Dadá Maravilha, que tinha aquela partida como uma chance especial, já que era sempre ignorado nas convocações para a seleção por conta do técnico Saldanha.

O Mineirão recebeu mais de 70 mil torcedores para ver o espetáculo e a vitória do Atlético sobre a seleção brasileira. Os jogadores do Galo jogaram com raça e conseguiram segurar o Brasil e atacar com perigo. No fim do primeiro tempo, o meia Amauri recebeu na área e fuzilou o gol de Félix, abrindo o placar. Na volta do intervalo, logo aos cinco minutos, Carlos Alberto encontrou Pelé livre na área, que cabeceou para empatar. Mas aos 20 minutos, Dadá recebeu na entrada área e acertou um lindo chute para colocar novamente o Atlético na frente do placar. Confira os lances:

O fim do jogo foi de muita festa dos jogadores e da torcida do Atlético, que recebeu um troféu por vencer a Seleção Brasileira e o expõe em sua sede com muito orgulho, perto de taças importante como a da Libertadores. À final, não é qualquer um que venceu a “Seleção do Rei”.

Siga o ENM no facebooktwitter e instagram.