Panamá vence Estados Unidos e quebra invencibilidade dos rivais | OneFootball

Panamá vence Estados Unidos e quebra invencibilidade dos rivais

Logo: Território MLS

Território MLS

O panamenho Aníbal Godoy, meio campista do Nashville, venceu o goleiro Matt Turner em um cabeceio curto e marcou para quebrar a invencibilidade de 13 jogos sem perder dos Estados Unidos

Os Estados Unidos visitaram a seleção panamenha, em partida foi válida pela quinta rodada das Eliminatórias da CONCACAF para a Copa do Mundo de 2022. O time do técnico americano Gregg Berhalter perdeu o jogo por 1 a 0 e deu adeus momentaneamente a liderança desta fase da competição.

Com a vitória, o Panamá chega a oito pontos em cinco partidas juntamente a seleção americana e ocupam a terceira e segunda colocação, respectivamente.

Do conjunto de oito países que disputam as Eliminatórias, somente os três primeiros colocados vão para a Copa do Mundo da FIFA. O quarto lugar da CONCACAF – atualmente posição ocupada pelo Canadá – disputará uma repescagem para garantir a vaga ao mundial no Catar em 2022.

O JOGO

Com a torcida de volta aos estádios no Panamá, o jogo começou com muita rivalidade no confronto entre os dois países e foram os Estados Unidos que chegaram com perigo inicialmente aos 3 minutos. Após cruzamento de Kellyn Acosta, o zagueiro americano Zimmerman , do Nashville, de cabeça desviou com perigo assustando o goleiro Luís Mejía, do Panamá.

O time da casa respondeu com maior efetividade aos 13′, com uma boa chegada pela esquerda de Freddy Góndola, que encontra o centroavante Rolando Blackburn, que perdeu grande oportunidade de abrir o placar. Aos 27′, os Estados Unidos chegaram novamente com cruzamento de Sebastian Lleget, que cruzou buscando Paul Arriola, contudo o ponta direita do D.C. United não chegou a tempo na bola.

No final da primeira etapa foi o momento do goleiro do New England Revolution, Matt Turner, salvar o USMNT em três oportunidades com destaque a defesa com o punho direito após contra-ataque veloz panamenho que culminou em um chute forte na pequena área de Freddy Góndola.

Na retorno do intervalo, o técnico Gregg Berhalter fez duas alterações com a entrada de Tyler Adams e Brenden Aaronson no lugar de Arriola e Yannus Musah. Todavia, foi o Panamá que abriu o placar após escanteio cobrado pelo lateral-direito, Eric Davis, foi o momento de brilhar do meio campista Aníbal Godoy que cabeceou entre Zardes e Turner e fez 1 a 0 a favor do Panamá.

Confira a emoção local com o gol do meio campista panamenho que joga na Major League Soccer pelo Nashville.

Dez minutos após o gol do Panamá, entrou Peppi autor de dois gols da vitória americana contra a Jamaica na última partida, dia 7 de Outubro, porém o time estadunidense não conseguiu chutar uma bola direta ao gol durante os noventa minutos em uma partida muito apática da seleção que vinha liderando as eliminatórias e atual campeão da Copa Ouro e da CONCACAF Nations League.

O próximo compromisso da seleção dos Estados será em Columbus na próxima quarta-feira (13) contra a Costa Rica pela sexta rodada da Eliminatória da CONCACAF.

  1. Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA? Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI!

FICHA TÉCNICA

Panamá – 1 Luís Mejía; Michael Murillo, Fidel Escobar, Harold Cummings e Eric Davis; Cristian Martínez (Abdiel Ayarza), Aníbal Godoy (Armando Cooper), Édgar Bárcenas, Alberto Quintero (César Yanis) e Freddy Góndola (Alfredo Sthepens); Rolando Blackburn (Eduardo Guerrero). Téc: Thomas Chrisiansen

Estados Unidos – 0

Matt Turner; Shaquell Moore (DeAndre Yedlin) , Walter Zimmerman, Mark McKenzie e George Bello; Yunus Musah (Tyler Adams), Kellyn Acosta e Sebastian Lleguet; Timothy Weah (Cristian Roldán), Paul Arriola (Brenden Aaronson) e Gyasi Zardes (Ricardo Pepi). Téc: Gregg Berhalter

Gols: Aníbal Godoy (PAN) Cartões amarelos: Alfredo Stephens (PAN) Cartões vermelhos: Nenhum.

(Capa: Reprodução/Twitter USMNT))

Saiba mais sobre o veículo