Palmeiras aproveita erro do rival, vence São Paulo e vai à decisão da Copinha | OneFootball

Palmeiras aproveita erro do rival, vence São Paulo e vai à decisão da Copinha

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

O Palmeiras está na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste sábado, o Verdão derrotou o São Paulo na semifinal do torneio, por 1 a 0, na Arena Barueri, graças ao gol de Giovani, fruto de uma falha na saída de bola do volante Pablo, capitão tricolor.

Com o resultado, o Palmeiras enfrentará o Santos, que passou pelo América-MG, na grande decisão, marcada para a próxima terça-feira. O palco da partida ainda não foi definido, mas tudo leva a crer que será o Allianz Parque, já que o Verdão possui uma melhor campanha.

A final da Copinha acontecerá no dia do aniversário da cidade de São Paulo. A partida tradicionalmente é disputada no Pacaembu, mas, como o estádio está em reforma e não pertence mais ao município, neste ano a decisão terá de ser realizada em outra praça.

O Palmeiras tenta conquistar seu primeiro título da competição. O Verdão já chegou em duas finais, em 1970 e 2003, mas em ambas acabou ficando com o vice-campeonato.

O jogo – Logo nos primeiros minutos o Palmeiras abriu o placar. Pablo, capitão do São Paulo, vacilou na saída de bola, foi desarmado, e a bola sobrou para Giovani, que saiu cara a cara com o goleiro e bateu firme para estufar as redes, colocando o Verdão em vantagem na Arena Barueri.

Precisando correr atrás do prejuízo, o São Paulo por pouco não empatou aos 12, quando Vitinho recebeu em profundidade pela esquerda e tocou na saída do goleiro Mateus, mas carimbou a trave. Logo depois, aos 14, foi a vez de Maioli levar perigo, desta vez pela direita, batendo forte, de dentro da área, mas o arqueiro palmeirense fez outra boa intervenção.

O equilíbrio deu o tom do primeiro tempo. O jogo era lá e cá, e ambas as equipes pareciam próximas de marcar o gol. Aos 34 minutos, em contra-ataque, o Verdão quase ampliou depois que Vitinho tocou para Gabriel Silva, que, livre dentro da área, cabeceou firme, mas viu o goleiro Young fazer a defesa.

O São Paulo respondeu na bola parada. Em cobrança de falta de Luiz Henrique, Maioli subiu mais alto que a zaga rival e, também de cabeça, completou para o gol, mas mandou a centímetros do travessão, encobrindo o goleiro Mateus.

Segundo tempo

O São Paulo começou a etapa complementar mais ligado e não quis saber de perder tempo. Aos dois minutos, Maioli recebeu de Vitinho e bateu forte, mas o goleiro Mateus fez a defesa. Depois, o atacante são-paulino costurou a defesa palmeirense, mas foi travado na hora da finalização.

O Palmeiras deixava o São Paulo atacar de olho no contra-ataque, e a estratégia quase se converteu em gol com Vitinho, que saiu mano a mano com a defesa, mas, ao tentar encobrir o goleiro, errou a conclusão. O Tricolor não deixou barato e também assustou com Petri, que invadiu a área, puxou para o meio e bateu, mas o chute desviou na defesa alviverde.

Aos 25 minutos o Tricolor teve mais uma boa chance. Caio recebeu lançamento e, de cabeça, ajeitou para o meio da área. A bola sobrou para Vitinho, que, da meia-lua, bateu buscando o ângulo, mas faltou pontaria. Daí em diante, bastou o Palmeiras controlar o jogo no campo de ataque para garantir a classificação para a grande final da Copinha.

FICHA TÉCNICA SÃO PAULO 0 X 1 PALMEIRAS

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP) Data: 22 de janeiro de 2022, sábado Horário: 19h (de Brasília) Arbitragem: Matheus Delgado Candançan Assistentes: Daniel Luís Marques e Josué Lucas Candido de Souza VAR: Marcio Henrique de Gois

Público pagante: 11.781 torcedores Renda: R$ 292.320,00

Gols: Giovani, aos 4 do 1ºT (Palmeiras) Cartões amarelos: Beraldo, Nathan (São Paulo); Lucas Sena (Palmeiras)

SÃO PAULO: Young; Nathan, Guilherme (Patryck), Beraldo e Petri (Cauê); Pablo (Negrucci), Léo (João Adriano) e Luiz Henrique; Caio, Vitinho e Maioli (Talles Wander). Técnico: Alex.

PALMEIRAS: Mateus; Gustavo Garcia, Naves, Lucas Freitas e Vanderlan (Kevin); Fabinho, Pedro Bicalho (Ian), Jhonatan (Miguel); Giovani (Lucas Sena), Gabriel Silva (Endrick) e Vitinho. Técnico: Paulo Victor Gomes.

Saiba mais sobre o veículo