Palmeiras ainda não conseguiu acertar em um centroavante estrangeiro no século XXI | OneFootball

Icon: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

·24 de setembro de 2022

Palmeiras ainda não conseguiu acertar em um centroavante estrangeiro no século XXI

Imagem do artigo:Palmeiras ainda não conseguiu acertar em um centroavante estrangeiro no século XXI

Quando o assunto são centroavantes gringos no ataque do Palmeiras, o torcedor do Verdão não tem boas recordações. A equipe paulista ainda não conseguiu acertar em um nome estrangeiro ideal no século XXI.

Desde Asprilla, no início dos anos 2000, até Merentiel e López na temporada atual, o Verdão vem fazendo tentativas, mas não consegue o êxito que busca. Muñoz, com passagem entre 2001 a 2006 até encantou pelas assistências, mas balançou as redes somente 31 vezes.

Hernán Barcos (2012-2013) conquistou a Copa do Brasil em 2012, mas caiu para a Série B no ano seguinte, marcando apenas 31 gols. Na reformulação em 2015 nenhum centroavante vingou. Até Barrios não atendeu às expectativas tendo marcado 14 gols em 45 jogos.

Em seu lugar veio Borja, a contratação mais cara da história do Palmeiras e consequentemente o maior prejuízo. O atacante custou cerca de R$ 35 milhões e fez apenas 36 gols em 112 jogos com a camisa verde.

Com esse azar para gringos, o Palmeiras fez duas novas apostas: Merentiel e Lopez. Mas até o momento eles não se transformaram em máquinas de gols. O que resta ao torcedor é aguardar como aguardou com os anteriores, só que agora com menos esperança.

(Foto: Getty Images)

Saiba mais sobre o veículo