O Torino ia causando um baque em Milão, mas Lukaku liderou a emocionante virada da Inter por 4×2

Logo: Trivela

Trivela

Imagem do artigo: O Torino ia causando um baque em Milão, mas Lukaku liderou a emocionante virada da Inter por 4×2

Internazionale e Torino fizeram uma partida repleta de emoção neste domingo, dentro do San Siro. O Toro parecia pronto a infligir uma derrota amarga aos interistas, abrindo dois gols de vantagem em Milão e criando chances para mais. Porém, numa atuação sofrível, a Inter acabou carregada por Romelu Lukaku. O centroavante impulsionou o time a uma grande reação nos 30 minutos finais, com dois gols e duas assistências. A vitória por 4 a 2 alivia um pouco os questionamentos sobre o time, mas não esconde o desempenho aquém do esperado neste início de Serie A.

O Torino sofreu um desfalque sentido ainda no aquecimento, quando Andrea Belotti se lesionou e deu lugar a Simone Zaza. A ausência do artilheiro, porém, não impediu os grenás de jogarem melhor durante todo o primeiro tempo e a criarem bem mais perigo. Zaza desperdiçou algumas boas oportunidades diante da pressão do Toro, com Samir Handanovic adiando a desvantagem da Inter. Os visitantes ainda perderam Simone Verdi, outro contundido. Ainda assim, buscaram a vitória parcial nos acréscimos. Foi uma linda troca de passes da equipe, após uma roubada de bola no campo ofensivo, em erro de Alexis Sánchez. Na entrada da área, Soualiho Meité ajeitou de calcanhar e Zaza aproveitou para finalmente balançar as redes.

Os problemas da Inter não acabaram com a pausa ao intervalo. Pelo contrário, o Torino seguiu no comando durante o reinício da partida no segundo tempo. Ashley Young cometeu pênalti sobre Wilfried Singo, confirmado após revisão. Na cobrança, Cristian Ansaldi ampliou ao Toro com 17 minutos. Só então os nerazzurri acordariam, com um empate instantâneo. Aos 19, Lukaku carimbou o travessão e brigou pelo rebote. Deu uma casquinha na bola, para que Alexis Sánchez aproveitasse na pequena área e diminuísse. Logo depois, o centroavante ainda triscaria a trave novamente, em chute de fora da área. Já aos 22, Alexis retribuiu o presente com uma grande jogada pela direita e cruzou rasteiro para Lukaku escorar.

Antonio Conte já tinha mandado Lautaro Martínez para reforçar o ataque antes do empate e, aos poucos, renovou as energias de seu time. A Inter se manteria no campo ofensivo, embora a pressão pela virada só tenha acontecido nos minutos finais. Aos 39, Achraf Hakimi sofreu pênalti e Lukaku assumiu a cobrança. O artilheiro deslocou o goleiro Salvatore Sirigu e converteu. Por fim, a tranquilidade dos nerazzurri seria confirmada aos 45, num contra-ataque. Lançado em velocidade, Lukaku arrancou pela esquerda e bateu ao meio da área, para que Lautaro confirmasse o triunfo.

A Internazionale subiu à quinta colocação da Serie A, com 15 pontos, mas ainda pode ser ultrapassada pelo Napoli. O time emenda quatro rodadas sem perder, mas com dois empates. As atenções se voltam agora ao embate decisivo contra o Real Madrid pela Champions. Já o Torino contabiliza apenas cinco pontos, temendo o risco de rebaixamento. Pela forma como os grenás se portaram durante grande parte do jogo, dá para esperar a reação.