🎥 O 👍 melhor e pior 👎 da vitória do líder Galo sobre o Grêmio

Logo: OneFootball

OneFootball

Luiz Signor

Imagem do artigo: 🎥 O 👍 melhor e pior 👎 da vitória do líder Galo sobre o Grêmio

Iluminado. Assim está Marcos da Silva França, o Keno, que entrou de vez na briga pela artilharia do Brasileirão.

Após um hat-trick contra o Atlético-GO, o camisa 11 do Galo marcou mais três vezes e garantiu o 3 x 1 do Atlético sobre o Grêmio neste sábado (26), no Mineirão, pela 12ª rodada do Brasileirão.

Brasileirão Série A

Atlético Mineiro
Grêmio

🚦 Como fica

O Galo foi aos 24 pontos, abrindo três para o Inter na liderança com um jogo a menos. Voltará a atuar no próximo domingo (4), quando receberá o Vasco, novamente no Mineirão.

O Tricolor segue com 13 e na 13ª posição. No sábado (3), terá o Gre-Nal pela frente. Jogo na Arena.

⚽ Gols

O Galo abriu o placar aos nove minutos. Keno recebeu de Savarino, tirou de Paulo Miranda e bateu com força. Paulo Victor tentou tirar, mas a bola já tinha entrado. Foi o gol de número 2.000 do Galo em Brasileirões.

O segundo do camisa 11 veio aos cinco da etapa final. Ele recebeu de Sasha pela esquerda, cortou Victor Ferraz e comemorou após a bola desviar em David Braz.

O Tricolor descontou aos nove. Escanteio cobrado por Robinho, desvio de Braz e gol de Isaque, que estava bem posicionado.

Mas o Galo tinha Keno. Everson iniciou o contra-ataque com um belo lançamento com os pés para Keno, que ganhou na corrida e tirou de Paulo Victor, aos 20 minutos. Hat-trick para ele.

👍 Top

Keno está, de fato, em uma fase iluminada. Foram mais três gols neste domingo, provando que aquelas atuações irregulares em seu início pelo Galo ficaram para trás. Já são seis gols na competição.

Sampaoli brigou mais uma vez pela chegada de Everson e ele tem feito a diferença quando é exigido com os pés – o terceiro gol atleticano mostrou isso.

O Atlético precisa encontrar um equilíbrio na defesa – levou quatro nos últimos dois jogos. Mas tem o ataque mais positivo da competição: 21 gols em 11 partidas. O apetite é grande.

👎 Flop

Renato poupou quatro titulares em Belo Horizonte – Vanderlei, Kannemann, Alisson e Diego Souza. E pagou caro mais uma vez.

O Grêmio até teve bons momentos quando Pepê teve espaço, por exemplo. Mas são apenas duas vitórias em 11 jogos. Muito pouco.

Pensar em título no Brasileirão está cada vez mais difícil.


Foto: Pedro Vilela/Getty Images