Num jogaço em Eindhoven, Caio Henrique desequilibrou para a vitória do Monaco sobre o PSV no apagar das luzes | OneFootball

Num jogaço em Eindhoven, Caio Henrique desequilibrou para a vitória do Monaco sobre o PSV no apagar das luzes

Logo: Trivela

Trivela

PSV e Monaco são duas equipes que poderiam estar na fase de grupos da Champions League. Os holandeses sucumbiram num duelo em que botaram pressão sobre o Benfica, assim como os monegascos foram melhores que o Shakhtar Donetsk apesar da eliminação. E, numa Liga Europa de altíssimo nível nestas primeiras rodadas, as duas equipes ofereceram um jogaço no Estádio Philips. O Monaco conquistou uma excepcional vitória por 2 a 1, em que contou com um gol no começo e outro no final, ambos servidos pelo lateral esquerdo Caio Henrique. O PSV, ainda assim, pressionou demais e só pecou pelos excessivos erros nas finalizações.

Sem se intimidar durante os primeiro minutos, o Monaco partia para cima e conseguiu o primeiro gol aos 19. Caio Henrique deu um senhor lançamento e achou Myron Boadu na área. O atacante escapou da marcação e definiu com muita inteligência, num chute de primeira com a direita. O PSV acordou apenas depois do gol e tomou o controle do jogo. Apesar da pressão dos Boeren, o ataque não estava em sua noite mais calibrada e errava bastante nas conclusões.

O segundo tempo veria a superioridade do PSV se tornar mais cristalina. Os holandeses jogavam com muita intensidade no campo ofensivo e acuavam o Monaco. Titular no ataque, Carlos Vinícius era bastante ativo, mas parou no goleiro Alexander Nübel. O empate dos Boeren, mesmo assim, veio logo aos 13 minutos. Cody Gapko passou, Carlos Vinícius aparou a bola e o próprio Gapko deu um tiro seco de fora da área para estufar as redes. Pela postura dos anfitriões, a virada parecia apenas uma questão de tempo.

O PSV, entretanto, não conseguiu aproveitar o momento favorável. Pior, ainda perdeu seus dois pontas, com Noni Madueke e Gapko se lesionando num intervalo de menos de dez minutos. Os holandeses acumularam 13 finalizações só no segundo tempo, mas desperdiçaram muitas oportunidades e até perderam fôlego na reta final. Tal brecha se tornou chave para a vitória do Monaco. Com raras chegadas ao ataque na segunda etapa, os monegascos acabaram encontrando com a vitória aos 44, em mais uma assistência de Caio Henrique. O lateral cruzou rasteiro e Sofiane Diop, que tinha saído do banco pouco antes, entrou de carrinho para completar na pequena área. Um prêmio à eficiência dos visitantes em Eindhoven.

O resultado coloca o Monaco na liderança do Grupo B, com sete pontos. Já o PSV caiu para o terceiro lugar, com quatro pontos. A segunda posição foi assumida pela Real Sociedad, com cinco pontos. Os txuri-urdin conquistaram sua primeira vitória na chave, ao derrotarem o zerado Sturm Graz, fazendo 1 a 0 na Áustria. O gol dos bascos foi anotado por Alexander Isak, aos 23 do segundo tempo, num frangaço do goleiro Jörg Siebenhandl.

Saiba mais sobre o veículo