No limite, Flamengo tem sequência decisiva até novembro

Logo: MaisQueUmJogo - MQJ

MaisQueUmJogo - MQJ

Imagem do artigo: No limite, Flamengo tem sequência decisiva até novembro

O elenco do Flamengo está no limite, e ainda terá de enfrentar uma sequência decisiva de jogos nas próximas semanas. O time não terá uma brecha no calendário até novembro. E mesmo com um elenco qualificado, o excesso de jogos compromete a temporada de uma equipe que se divide em três frentes.

A última vez que o time teve um “break” num meio de semana sem jogos foi em agosto. De lá pra cá, num total de 47 dias, o Rubro-Negro entrou em campo 14 vezes. O retrospecto do período foi até muito positivo, com dez vitórias, dois empates e duas derrotas.

Entretanto, as baixas por lesão estão se acumulando. Jogadores importantes do elenco estão fora de ação, como o goleiro Diego Alves, o meia Arrascaeta e os atacantes Gabigol e Pedro Rocha. Substituído nesta quinta contra o Bragantino após sentir dores no joelho, Everton Ribeiro pode aumentar a lista.

O setor onde o Flamengo tem mais repetido jogadores é o meio de campo. Willian Arão, Thiago Maia e Gerson atuaram na maioria das 14 partidas da sequência. O elenco perdeu peças de reposição com as saídas de Piris da Motta, Hugo Moura e Vinícius Souza, e conta apenas com Diego Ribas, que vem sendo utilizado, e o inexperiente João Gomes, promovido recentemente da base.

Leia também:

Maratona continua em sequência decisiva

A preocupação com o nível de desgaste se estende a outros jogadores, como disse o técnico Dome após o empate contra o Bragantino.

– Falamos individualmente com cada jogador, ontem (quarta) e hoje também. Você tem dados médicos que são muito importantes, mas o mais importante é quando fala com Ger (por exemplo) e está não cansado, mas está morto porque jogou muitos jogos consecutivos. O Pedro sabíamos que tinha risco de lesão, mas quando falei com ele disse que podia jogar o primeiro tempo – afirmou Dome à FlaTV.

– Nós temos que procurar preservar os jogadores. Não quero que eles se machuquem quando eles têm risco de lesão – completou.

O Flamengo vai disputar sete partidas até o próximo “break”, que ocorrerá na semana entre 8 e 14 de novembro. A sequência inclui confrontos contra os três maiores adversários pelo título do Brasileirão, Inter, São Paulo e Atlético-MG.

Além disso, também terá as duas partidas contra o Athletico-PR pelas oitavas da Copa do Brasil, e a última rodada da fase de grupos da Libertadores, contra o Júnior Barranquilla. O duelo contra os colombianos definirá a colocação do Fla no grupo A.

Confira os jogos do Flamengo nas próximas semanas:

18/10 – Corinthians – Brasileiro – São Paulo
21/10 – Júniro Barranquilla – Libertadores – Maracanã
25/10 – Inter – Brasileiro – fora
28/10 – Athletico – Copa do Brasil – Curitiba
01/11 – São Paulo – Brasileiro – Maracanã
04/11 – Athletico – Copa do Brasil – Maracanã
07/11 – Atlético-MG – Brasileiro – Belo Horizonte