Nas quartas da Segundona de SP, nem nem quem venceu pode respirar aliviado | OneFootball

Nas quartas da Segundona de SP, nem nem quem venceu pode respirar aliviado

Logo: Última Divisão

Última Divisão

Um erro, um vacilo, um acerto, um momento de rara felicidade. Detalhes que muitas vezes podem decidir a classificação em uma etapa tão equilibrada como tende a ser as quartas de final da Segunda Divisão do Campeonato Paulista.

Os duelos de ida da edição 2022 aconteceram no último final de semana e foram repletos de equilíbrio. Dos quatro confrontos, apenas um parece decidido – mas quem acompanha futebol sabe que até situações assim carecem de cuidados, e chegar forte tão perto do acesso nem sempre é algo que se converte em sucesso.

Semifinalista nas edições 2020 e 2021, o Grêmio Prudente está com uma mão e meia na vaga para as semifinais da atual edição. O Gavião Carcará teve pela frente o Itararé, a grande surpresa da competição, mas não deu sopa para o azar: venceu por 3 a 0, mesmo jogando fora de casa.

Aos 46 minutos do primeiro tempo, após uma assistência primorosa de Rafinha, Elias saiu na cara do gol para marcar o primeiro do jogo – o gol de número 300 na histórica da equipe prudentina.

E se o primeiro tempo terminou com gol, o segundo começou da mesma forma. Desta vez, logo aos 2 minutos, Rafinha foi quem marcou, após se livrar da marcação e bater sem chance para o goleiro adversário. Mais tarde, aos 15, Jeferson Di Maria – possivelmente o melhor jogador até agora na competição – bateu pênalti com sangue frio, fechando o placar para os visitantes.

Agora, vantagem gigante para o time de Marcos Campagnollo: por ter melhor campanha que o Itararé, o Grêmio Prudente pode perder o jogo de volta em Presidente Prudente também por 3 a 0. De quebra, o time prudentino conta com o apoio de um torcedor mais do que ilustre: o músico Thiaguinho, que é da cidade.

São-Carlense conquista vantagem fora

Sem muito alarde, sem ser apontado como um dos favoritos ao acesso no início da competição, o Grêmio São-Carlense se consolidou ao longo do torneio e hoje é um dos times mais embalados da Bezinha. Uma nova demonstração desta força do Lobo veio no último sábado (13), quando a equipe conseguiu uma boa vantagem inicial nas quartas, vencedo a Inter de Bebedouro da casa da rival por 2 a 1.

No Sócrates Statmato, o São-Carlense saiu na frente logo aos 10 minutos de jogo com Bismarck, após uma boa triangulação do ataque visitante.

Na segunda etapa, após falta batida, o zagueiro Felipe desviou para ampliar o placar a favor da equipe de São Carlos aos 24 minutos. A Inter só descontou nos acréscimos, com Sérgio cobrando pênalti.

Na próxima partida, o Grêmio São-Carlense voltará a atuar no estádio Luisão, já que nas últimas rodadas estava mandando seus jogos no estádio Hermínio Ometto, em Araras. E também pode perder pelo placar mínimo.

Em crescimento, XV de Jáu sai na frente do Flamengo

O XV de Jaú é comandado por Ricardo Costa, um técnico que conhece como poucos da Segundona. E mesmo sem mostrar um futebol dos mais regulares na primeira fase, o Galo superou percalços e chegou às quartas de final da Segundona, tendo pela frente o consistente Flamengo.

O primeiro capítulo dessa disputa aconteceu na sexta-feira(12), como virou costume nos jogos do XV. Embalado por uma das torcidas mais fanáticas do interior, o time da casa conseguiu sair com a vantagem mínima diante do Corvo.

Em um jogo bastante equilibrado, Vitinho, aos 39 minutos do primeiro tempo, acertou um belo chute de fora da área, marcando o único tento do jogo. Agora, cabe ao Fla tentar devolver o placar em Guarulhos caso queira ir às semifinais.

Penapolense e Itapirense ficam na igualdade

Dois clubes que fizeram excelentes campanhas ao longo da competição, Penapolense e Itapirense, se enfrentaram em um dos jogos válidos pelas quartas de final. E assim como era esperado, o equilíbrio prevaleceu, em campo e no placar: 2 a 2.

O primeiro duelo entre as duas equipes aconteceu no estádio Tenente Carriço, na cidade de Penápolis, e a torcida do time da casa viu seu time ficar por duas vezes na dianteira do marcador, mas sem conseguir segurar a vantagem diante da Vermelhinha.

Após uma bola parcialmente afastada pela zaga visitante, Danilinho dominou e soltou uma bomba de fora da área, para abrir os trabalhos em favor do CAP, aos 23 minutos da etapa inicial. Ainda no primeiro tempo, Jé deixou tudo igual na marca de 34 minutos.

No início da segundo etapa, no primeiro ataque dos donos da casa, Vini Ed arriscou de longe e colocou o Penapolense novamente em vantagem. Contudo, no último lance do jogo, aos 50 minutos do segundo tempo, Matheus tentou alçar a bola na área, mas ela acabou passando por todo mundo e morreu no fundo da rede. Que coisa!

Assim fica a tabela das quartas de final da Segunda Divisão do Paulista:

  1. 14/8 (Virgínio Holtz): Itararé 0 x 3 Grêmio Prudente
  2. 20/8 (Prudentão): Grêmio Prudente x Itararé
  1. 13/8 (Sócrates Stamato): Inter de Bebedouro 1 x 2 Grêmio São-Carlense
  2. 20/8 (Luisão): Grêmio São-Carlense x Inter de Bebedouro
  1. 14/8 (Tenente Carriço): Penapolense 2 x 2 Itapirense
  2. 21/8 (Cel. Chico Vieira): Itapirense x Penapolense
  1. 12/8 (Zezinho Magalhães): XV de Jaú 1 x 0 Flamengo
  2. 21/8 (Ninho do Corvo): Flamengo x XV de Jaú
Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo