Narrador que fez comentários sobre torcida do Flamengo também foi acusado de transfobia | OneFootball

Narrador que fez comentários sobre torcida do Flamengo também foi acusado de transfobia

Logo: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

Não foi a primeira vez que Sérgio Mauricio faltou com o respeito às pessoas em público. O comentarista, que no último domingo (22) se referiu aos torcedores do Flamengo como “duros” e “favelados” durante a narração da Formula 1 na Band já destilou seu preconceito em outra ocasião.

Em março desse ano, ele já se envolveu em polêmica e gerou revolta nas redes sociais após comentário transfóbico. O lutador de MMA Luis Besouro questionou reportagem da Folha de S. Paulo, que informava: “Preconceito é determinante para pobreza menstrual entre homens trans”.

O lutador pergunta: “Isso é meme, né?” E Sérgio responde sua publicação com outro questionamento: “Sangra por onde?”

O comentário gerou revolta e críticas ao narrador, que teve que apagar o comentário. Ele tentou se explicar, e se apoiou no fato de ser judeu para demonstrar que não possui preconceitos.

“Amigos, é claro que eu sei e obviamente não tenho nenhum preconceito de gênero, raça, cor e religião, até porque eu sou judeu e já sofri muito com isso”, tenta explicar o narrador.

Novamente, ele foi alvo de ataques e teve que apagar seu posicionamento e se calar. Com mais um caso de preconceito, agora chamando torcedores do Flamengo de ‘duros e favelados’, ele mostra que o preconceito está presente no seu cotidiano.

Sergio Mauricio chama torcedores do Flamengo de ‘duros e favelados’

A torcida do Flamengo foi vítima de preconceito pelo narrador Sérgio Mauricio. Narrador de Fórmula 1 da Band, Sérgio é declarado botafoguense. Ele teria visto uma bandeira do Botafogo nas arquibancadas, e disse: “Vê se tem flamenguista lá, tudo duro e favelado”.

A declaração não foi dada ao vivo, e sim em off. O vídeo circulou nas redes sociais, e o narrador aparece falando com alguém no ponto eletrônico. Mas o estúdio estava sendo gravado, e o vídeo circulou nas redes sociais, causando revolta nos torcedores do Flamengo.

“Para tudo que eu vi uma bandeira do Botafogo ali, amigo! Para tudo, amigo! É miragem ou eu vi mesmo a bandeira do Botafogo ali? Pelo amor de Deus. Aí meu coração arrebenta. Vá pro inferno! Vê se tem flamenguista lá, é tudo duro, favelado”, dispara, aos risos.

Até o fechamento da reportagem, não houve nenhum posicionamento sobre a fala discriminatória do comentarista.

Siga Erick Viana no Twitter e no Instagram.

Seja apoiador e ajude-nos a melhorar: CLIQUE AQUI e faça parte da comunidade.

  • Flamengo tem a marca mais valiosa entre clubes não europeus, aponta estudo internacional
  • Isaquias Queiroz ganha medalha na Copa do Mundo de Canoagem
  • Pedido de Paulo Sousa, Vidal e as últimas notícias do Flamengo
  • O que a próxima temporada reserva para Vinícius Júnior, Lucas Paquetá e Gerson
  • Ex-Flamengo, Michael marca dois golaços na vitória do Al-Hilal; assista
Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo