Nada bem: como chegam Barcelona e Real Madrid para o El Clásico

Logo: OneFootball

OneFootball

Marcos Monteiro

Imagem do artigo: Nada bem: como chegam Barcelona e Real Madrid para o El Clásico

Neste sábado (24), Barcelona e Real Madrid vão a campo para disputar o primeiro El Clásico da temporada 2020/21. Longe dos tempos de glória, os rivais espanhóis chegam para a partida em baixa.

A situação é tão complicada que pela primeira vez desde abril de 2003 Barça e Real vão disputar um clássico vindo de derrota no último jogo da La Liga. No último fim de semana, o time de Zidane foi dominado em casa pelo Cádiz e perdeu por 1 x 0. Pouco depois, também em Madrid, o Barcelona caiu frente ao Getafe, em jogo que ficou marcado por uma chance desperdiçada por Griezmann.

Em 2003, última vez em que a dupla chegava para o El Clásico vindo de derrota, ambos perderam por 4 x 2. Os catalães do La Coruña e os merengues do Real Sociedad. No clássico, 1 x 1, com gols de Ronaldo e Luís Enrique.

As coincidências negativas seguem. A última vez em que Real Madrid e Barcelona perdiam seus confrontos no mesmo dia e sem marcar nenhum gol foi há 20 anos, segundo o jornalista espanhol Alexis Blázquez. A última vez havia sido em 6 de maio de 2000, quando o Barça perdeu para o Rayo Vallecano por 2 x 0, enquanto o Real caiu para o Alavés por 1 x 0.


Champions pior para os merengues

Se a situação na liga nacional não é das melhores para nenhum dos dois times, os jogos do meio de semana, pela Liga dos Campeões, poderiam ter servido para mudar a situação.

Assim foi para o Barcelona, que viu o trio de ataque – Messi, Coutinho e Ansu Fati – funcionar. Ainda com Pedri e Dembélé, a equipe azul-grená venceu o Ferencváros por 5 x 1 e ganhou respirou antes de encontrar o maior rival.

O Real Madrid, por outro lado, chega mais pressionado para encarar o Barcelona. Contra o Shakhtar Donetsk, em casa, Zidane & Cia se complicaram. Ao fim do primeiro tempo já perdiam por 3 x 0 e apesar de terem apertado na segunda etapa não fizeram o suficiente para evitar a derrota.

“Jogamos mal e estamos todos no mesmo barco. É difícil dizer algo. Foi uma partida que ninguém conseguiu jogar bem, que ninguém conseguiu fazer as coisas que Zidane nos pediu. Temos que treinar muito e ter a cabeça no clássico, que é uma grande partida, e temos que estar concentrados para ganhar”, disse Vinicius Jr depois da partida contra os ucranianos.

A vitória é mais importante para o Barcelona. Em nono lugar na tabela (com dois jogos a menos), o Barça tem sete pontos e pode alcançar o Real ao somar os três pontos. Mas, talvez mais importante do que somar pontos, uma vitória no clássico deixaria o clima para Zidane ainda mais complicado.

LaLiga

Barcelona
Real Madrid

Foto de destaque: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images