Na luta pelo acesso aos quartos da Taça | OneFootball

Na luta pelo acesso aos quartos da Taça

Logo: Real Madrid Official

Real Madrid Official

A competição não pára e o Real Madrid continua a desbravar este exigente primeiro mês do ano. Depois de conquistar a Supertaça de Espanha no passado domingo, em Riade, os madridistas têm esta tarde pela frente o próximo desafio e já no nosso país. Os protegidos de Ancelotti, que afastaram o Alcoyano na ronda anterior, voltam à Taça do Rei para enfrentarem o Elche nos oitavos-de-final da prova (18:00 horas portuguesas). Uma eliminatória de novo fora de casa, desta feita no Martínez Valero, e a uma só mão, sendo que à nossa equipa só interessa ganhar para fazer parte do sorteio dos quartos-de-final, na próxima sexta-feira.

Os antecedentes na Taça convidam ao optimismo. Será a terceira eliminatória na prova entre o Real Madrid e o Elche. Nas anteriores, disputadas em duas mãos, nas temporadas 1961/62 e 1988/89, o triunfo caiu para a nossa equipa. E precisamente no primeiro desses jogos, houve um golo da autoria de Gento, em memória do qual os futebolistas de Ancelotti levarão hoje fumos negros nas camisolas. Mas este não será o único duelo esta semana entre ambas as equipas. No domingo voltam a encontrar-se. Será noutra competição, a Liga, e noutro estádio, o Santiago Bernabéu (15:15 horas portuguesas). “É outra final e temos de estar preparados”, declarou Ancelotti na conferência de Imprensa de antevisão. O treinador italiano, que não podera contar com Militão devido à expulsão na Supertaça de Espanha, convocou estes jogadores para visitar um adversário que está a assinar boas actuações como anfitrião. Na verdade, perdeu apenas dois dos 10 encontros já disputados esta época no Martínez Valero.

O adversário

O Elche, décimo quinto da Liga depois de vencer em casa o Villarreal, no passado domingo (1-0), chega a estes oitavos-de-final da Taça do Rei após eliminar a Leioa (0-2), Unionistas de Salamanca (0-1) e Almería (1-2). Lucas Boyé, com seis golos, é o melhor marcador de uma equipa que ganhou seis dos últimos dez jogos.

Mencionados neste artigo