Mundial de Futsal: Brasil bate República Tcheca em jogo que marca o gol 100 de Rodrigo pela Seleção | OneFootball

Mundial de Futsal: Brasil bate República Tcheca em jogo que marca o gol 100 de Rodrigo pela Seleção

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

A Seleção Brasileira venceu sua segunda partida no Mundial de Futsal da Lituânia, na tarde desta quinta-feira (16). A vitória por 4 a 0 sobre a República Tcheca assegurou ao Brasil o primeiro lugar no grupo D, junto com a goleada por 9 a 1, sobre o Vietnã, na partida anterior. Na partida, o histórico fixo Rodrigo Capita marcou seu centésimo gol com a camisa da Seleção Brasileira. O jogo, disputado na Klaipeda Arena, teve dois gols de Ferrão, um de Rodrigo e um de Marlon.

SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK. E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

RESUMO DA PARTIDA

O Brasil fazia tudo de correto para alcançar o gol: menos o balançar a rede. Girava a bola, marcava com muita pressão e ocupava, com volume, o campo de defesa da República Tcheca, recuperando com rapidez as bolas quando perdidas. Por mais que tenha feito um grande jogo no primeiro tempo, saiu com no máximo bolas na trave. No segundo, o ritmo foi mantido, mas o Brasil abiu logo o placar, no início, e já fez o segundo gol. A largada na frente obrigou os tchecos a equilibrarem o jogo, o que deu trabalho, mas não impediu que a Seleção Brasileira fizesse mais gols e fechasse em 4 a 0 sua segunda partida na Copa do Mundo de Futsal.

PRIMEIRO TEMPO

O Brasil já começa com jogada envolvente, colocando do goleiro tcheco para trabalhar. Faltando 16 minutos, a República Tcheca finalizou pela primeira vez, no goleiro Guitta. Logo após, Ferrão tentou bater por cima, no contra-ataque. A Seleção Brasileira mostrava uma pressão muito forte sem a bola; e, com ela, a ordem era girar bem o jogo e não pensar muito antes de finalizar: de longe ou de perto, o Brasil chutava, com Gadeia e Ferrão de destaques.

O goleiro Guita explorou a quadra, teve liberdade e chutou no travessão, na metade do primeiro tempo. Faltando 6 minutos, Guitta ainda fez milagres para o Brasil no Mundial de Futsal, em um momento em que a Seleção encontrava um pouco mais de dificuldades para achar os espaços. Mesmo pressionando muito mais e jogando bem melhor, a Seleção Brasileira conseguiu no máximo acertar a trave tcheca, saindo para o intervalo no 0 a 0.

SEGUNDO TEMPO

O jogo seguiu no mesmo ritmo do tempo anterior, mas a Seleção Brasileira conseguiu afastar a ansiedade do primeiro gol já no início, com Ferrão girando e marcando um golaço. No minuto seguinte, ele de novo, da mesma forma: 2 a 0. Depois disso, a República Tcheca se viu obrigada a agredir, foi para cima, mas parou em Guitta. O Brasil, pela primeira vez, se viu na posição de contra-atacar: assim, quase Ferrão fez mais um, de cavadinha. Mas logo, logo Rodrigo Capita fez o terceiro gol do Brasil e o seu centésimo com a camisa da Seleção.

Após o terceiro gol, o panorama mudou, e a República Tcheca passou um bom tempo retendo a posse de bola e forçando o jogo, obrigando o Brasil a se defender. A posse de bola dos tchecos era infértil e não ocasionava em muitos lances de perigo. Até que, faltando menos de um minuto para o fim, Marlon carimbou a rede e fechou o placar: 4 a 0 para a Seleção Brasileira e mais uma vitória no Mundial de Futsal da Lituânia.

PRÓXIMO JOGO

A Seleção Brasileira fecha sua participação na fase de grupos da Copa do Mundo de Futsal da Lituânia 2021, contra o Panamá, no próximo domingo (19), às 10h, com transmissão da TV Globo e do SporTV.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo