Mitrovic marca duas vezes, e Fulham castiga uma péssima estreia do Liverpool | OneFootball

Mitrovic marca duas vezes, e Fulham castiga uma péssima estreia do Liverpool

Logo: Trivela

Trivela

Após uma temporada incrível na segunda divisão, Aleksandr Mitrovic marcou duas vezes em seu retorno à Premier League e ajudou o Fulham a castigar uma estreia muito ruim do Liverpool neste sábado com um empate por 2 a 2. Se o técnico dos londrinos, Marco Silva, disse que o elenco não estava pronto para a permanência na elite, o time se mostrou à altura do desafio e foi o melhor em Craven Cottage durante grande parte do jogo.

Com muito mais tempo de casa, Roberto Firmino foi novamente titular no comando do ataque, como na Supercopa da Inglaterra, flanqueado por Mohamed Salah e Luis Díaz. Klopp tem o hábito de integrar reforços com calma e não tem sido diferente (até agora) com Darwin Núñez, até pela mudança de estilo que o uruguaio representa. Mas Firmino não fez um bom primeiro tempo, e o Liverpool melhorou apenas com a entrada do uruguaio, no começo da etapa final.

Núñez marcou de letra pouco depois, o único momento em que parecia que o Liverpool conseguiria a vitória, mas um passe errado de Joel Matip permitiu a recuperação do Fulham e a invasão de Mitrovic pela esquerda da área. Derrubado por Van Dijk, Mitrovic converteu o pênalti e marcou pela segunda vez. Na temporada passada, ele fez 43 gols na Championship, o maior artilheiro em uma única edição da segunda divisão desde a remodelação da pirâmide com a fundação da Premier League em 1992/93.

Mohamed Salah empatou, novamente com participação de Núnez, e deixou seu nome no placar da primeira rodada da Premier League pela sexta temporada consecutiva. Em uma reta final de pouca pressão e poucas chances, a única possibilidade real de virada do Liverpool foi um chute de primeira de Jordan Henderson de fora da área no travessão.

No primeiro tempo, um gol anulado de Luis Díaz foi o máximo que dá para destacar dos visitantes. O Fulham, por outro lado, mesmo com Marco Silva preocupado com o tamanho e a qualidade de seu elenco, mostrou muita energia e organização, liderado pela vitalidade de João Palhinha no meio-campo. Andreas Pereira foi titular na armação. E quem decidiu foi novamente Mitrovic.

Aos 32 minutos, Pereira soltou com Neeskens Kebano. O ponta esperou a hora certa para abrir Com Kenny Tete, que cruzou à segunda trave, onde Mitrovic subiu em cima de Alexander-Arnold e cabeceou para abrir a sua contagem nesta temporada da Premier League. O gol deu um chacoalhão no Liverpool, que finalmente começou a fluir um pouco melhor no ataque.

Uma ótima inversão de Arnold encontrou Robertson livre pela esquerda da grande área. O cruzamento rasteiro não alcançou Díaz e Firmino por pouco na boca do gol. Dois minutos depois, aos 38, Díaz invadiu a área pela esquerda e soltou uma bomba na trave, encerrando o primeiro tempo sem exigir uma defesa de Marek Rodák.

Klopp não fez alterações no intervalo, mas, aos cinco minutos do segundo tempo, Thiago sentiu dores e foi substituído por Harvey Elliott. Aproveitando a pausa (agora que a Premier League permite cinco trocas), Núñez também entrou no lugar de Firmino. O Fulham deixou claro que não estava assustado, acertando a trave com Kebano. Aos 16 minutos, Salah tabelou com Arnold, recebeu na linha de fundo, pela direita, e cruzou rasteiro para Núñez completar de letra. Rodák fechou bem o ângulo e fez a defesa.

Dois minutos depois, com personalidade, Núñez tentou outro toque de letra, novamente em assistência de Salah, liberado por um bom passe de Elliott. Dessa vez, com um toque do zagueiro, a bola passou por Rodák. Núñez ainda está se entendendo com a bola, mas a sua mera presença física dentro da área fez toda a diferença. Ganhou um lançamento pelo alto, saiu na frente, mas finalizou fraco. Tim Ream cortou antes de a bola chegar ao gol.

No minuto seguinte, ele aparou o cruzamento de Elliott e Luis Díaz chegou batendo de frente. Dois jogadores do Fulham se atiraram para desviar a escanteio. A virada parecia iminente, mas Matip errou um passe na saída de bola, e Mitrovic foi lançado pela esquerda. Partiu para cima de Van Dijk e tentou o drible. O zagueiro holandês, segundo o árbitro, tocou o sérvio por baixo. Mitrovic bateu forte no canto esquerdo de Alisson e fez 2 a 1 para o Fulham.

Núñez bateu cruzado de perna direita, para fora, e Fábio Carvalho isolou a sobra de um escanteio. A defesa do Fulham, que fez um jogo muito bom no geral, teve um leve vacilo no segundo gol do Liverpool, quando Arnold lançou para a entrada da área, Núñez abafou o corte e deixou Salah de frente para as redes. Mas nada aconteceu depois disso, exceto a bola no travessão de Henderson, e o Fulham somou um ponto que não estava nas suas contas.

.

Saiba mais sobre o veículo