“Meu sonho é a Libertadores”; Vital projeta futuro no Corinthians

Central do Timão

Imagem do artigo: “Meu sonho é a Libertadores”; Vital projeta futuro no Corinthians

Em entrevista ao Estadão, o meia falou sobre futuro no Corinthians, pandemia de coronavírus e sonho de jogar na Europa

Aos 21 anos de idade, Mateus Vital já acumula 123 jogos pelo Corinthians. Com a camisa do Timão, marcou cinco gols e conquistou os Paulistas de 2018 e 2019. Em quarentena por conta do coronavírus, o jogador comentou sobre a ansiedade para entrar em campo e projetou o seu futuro no futebol.

“A ansiedade existe, mas precisamos aguardar as determinações das autoridades de saúde. Todos nós queremos voltar, mas é preciso seguir os protocolos e priorizar a saúde neste momento. A questão de jogar sem torcida vai ter de ser um segundo passo, depois de retomados os treinos. Mas sabemos que tudo isso vai ter de ser algo avaliado pelos órgãos competentes”, comentou Vital ao Estadão.

Sonho de jogar na Europa

O meia já recebeu sondagens e até propostas de times europeus, como a Roma. Nesse sentido, Vital comenta o desejo de jogar no Velho Continente.

“Sim, é também um objetivo. Mas agora estou com a cabeça no Corinthians, para retomar bem e fazer uma grande temporada quando tudo voltar ao normal”, revelou o atleta, que completou agradecendo as propostas.

“Fico feliz, sinal de que meu trabalho tem sido reconhecido, mas prefiro deixar isso na mão dos meus agentes, para focar somente em jogar futebol e desempenhar um bom papel melhor dentro de campo. Se aparecer algo mais para frente, que seja bom para todos, a gente analisa e conversa. Eu ainda quero me dar bem no Corinthians”, declarou Vital.

Futuro no Corinthians

À reportagem do Estadão, Vital explica que o seu foco está totalmente no Corinthians. Ainda jovem, o meia pretende conquistar títulos e marcar o seu nome com a camisa do Timão, a qual defende desde 2018.

“Quero buscar mais títulos, fazer história… Com certeza isso. Conquistar tudo que disputarmos, fazer com que o Corinthians volte a ganhar o Brasileiro, uma Copa do Brasil, que estivemos perto ano passado, e ir em busca de outro sonho que é ganhar a Libertadores”, completou o jogador.

Por Gabriel Gonçalves / Redação da Central do Timão