Mesmo com desistências, presidente do Barcelona não descarta realização da Superliga futuramente

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.gazetaesportiva.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fimagem%2F2021%2F04%2F22%2FJoan-Laporta.png&q=25&w=1080

Nesta semana, diversos clubes anunciaram a saída da Superliga Europeia. O presidente do Barcelona, Joan Laporta, se pronunciou sobre a competição, em declarações à TV3, nesta quinta-feira.

“É absolutamente necessário que os grandes clubes digam a sua opinião sobre a distribuição económica. Somos partidários das ligas nacionais e falaremos com a UEFA”, disse.

“Temos uma posição de prudência. (A Superliga) é uma necessidade, mas a última palavra pertence aos sócios. Deve ser uma competição atrativa, baseada nos méritos esportivos”, ressaltou.

Mesmo com as desistências, o presidente ainda não descartou a realização do torneio futuramente.

“Estamos disponíveis para um diálogo aberto com a UEFA, creio que haverá um entendimento. Precisamos de mais recursos para que isto seja um espetáculo. Houve pressões para alguns clubes, mas a proposta continua a existir”, finalizou.