Mercado da bola: as principais transferências desta janela europeia | OneFootball

Mercado da bola: as principais transferências desta janela europeia

Logo: MaisQueUmJogo - MQJ

MaisQueUmJogo - MQJ

A janela de transferências do inverno europeu se aproxima do fechamento – encerra no dia 31 nas principais ligas. É a reta final para os clubes se reforçarem para a sequência da temporada. O mercado da bola já registrou transferências interessantes. Então, nada melhor do que relembrar as transações de destaque deste período.

A mais cara, por exemplo, foi a ida de Ferrán Torres para o Barcelona. Ele deixou o Manchester City.

Galeria de Fotos

A lista também contempla empréstimos, como a chegada de Philippe Coutinho ao Aston Villa, e as movimentações da Roma para agradar a José Mourinho.

Relacionadas

As principais transferências desta janela do mercado da bola

Tencatito Corona trocou o Porto, clube que defendia desde 2015, pelo Sevilla. O clube espanhol pagou 3 milhões de euros (R$ 18,5 milhões).

Corona era desejo antigo do Sevilla | Foto: Fran Santiago/Getty Images

O Krasnodar, da Rússia, tirou o zagueiro paraguaio Júnior Alonso do Atlético-MG. A operação custou 8 milhões de euros (R$ 49,3 milhões).

O Monaco buscou o lateral-direito Vanderson, que se destacou pelo Grêmio, por 11 milhões de euros (R$ 67,8 milhões).

O brasileiro David Neres trocou o Ajax pelo Shakhtar Donetsk. Ele custou 12 milhões de euros (R$ 74 milhões).

David Neres aumenta legião brasileiro do Shakhtar | Foto: Divulgação

O Newcastle, por enquanto, fez duas contratações nesta janela. O novo rico da Premier League tirou o lateral-direito Kieran Trippier do Atlético de Madrid por 13,3 milhões de euros (R$ 82 milhões) e Chris Wood no Bunrley por 30 milhões de euros (R$ 185,1 milhões).

A Fiorentina se reforçou com atacante Jonathan Ikoné, ex-Lille, por 14 milhões de euros (R$ 86,4 milhões), e com centroavante Piatek, por empréstimo junto ao Hertha Berlin.

A janela de inverno europeu

A Roma deu dois reforços a José Mourinho: Maitland-Niles (do Arsenal) e Sérgio Oliveira (do Porto). Os dois chegaram por empréstimo. Já Borja Mayoral foi cedido ao Getafe.

Sérgio Oliveira é cara nova para Mourinho | Foto: FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images

Por falar em empréstimo, o brasileiro Rafinha foi cedido pelo PSG à Real Sociedad. Ex-Flamengo, Pablo Marí foi emprestado pelo Arsenal à Udinese.

O Everton buscou o lateral-esquerdo Vitaliy Mykolenko no Dínamo de Kiev por 23,5 milhões de euros (R$ 145 milhões).

O Aston Villa movimentou o mercado da bola. Contratou, por empréstimo, Philippe Coutinho e pagou 30 milhões de euros (R$ 185,1 milhões) por Lucas Digne, lateral-esquerdo ex-Everton.

Philippe Coutinho fez gol na estreia | Foto: Clive Mason/Getty Images

A contratação mais cara desta janela, até aqui, é a de Ferrán Torres. Para tirá-lo do Manchester City, o Barcelona pagou 55 milhões de euros (R$ 339,4 milhões).

Saiba mais sobre o veículo