Média de gols do Corinthians com mudança no esquema aumentou

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F05%2Fagenciacorinthians-foto-179412-1.jpg&q=25&w=1080
  1. Por Tatiane Vidal / Redação da Central do Timão

O atual Corinthians de Vagner Mancini tem atuado no esquema de três zagueiros, que tem dado liberdade aos laterais e mais segurança defensiva. Com João Victor, Raul Gustavo e Jemerson na zaga, o futebol apresentado é mais vistoso e vem sendo mais efetivo no ataque.

Em dez dias, o novo esquema foi utilizado em três partidas: na vitória contra o Sport Huancayo por 3×0, no empate em 2×2 contra o São Paulo e na goleada por 4×1 sobre o Inter de Limeira.

O balanço é que evoluímos muito como equipe, muito no sistema tático. Esse sistema dá a possibilidade de, individualmente, as peças melhorarem. Os atletas estão dando ao sistema tático a força necessária. O que acabou sendo fundamental: a mudança do sistema ou a individualidade dos atletas? Eu sou um cara que cobra muito a melhora individual do jogador. Algumas peças acabaram evoluindo e maturando rapidamente“, argumento Mancini quando questionado sobre mudança no esquema.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=678&image=https%3A%2F%2Fcentraldotimao.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F05%2Fagenciacorinthians-foto-179412-2-2048x1284.jpg&q=25&w=1080

Um dos destaques da equipe com novo esquema, ficou por conta do lateral-esquerdo Lucas Piton que assumiu protagonismo jamais visto desde que foi promovido ao time principal. Além dele, o meio-campista Luan teve seu futebol ampliado e tem sido o condutor da equipe. Marcou duas vezes e deu assistencia para gol de Jemerson na goleada no Inter de Limeira.

Nos três jogos disputados com novo esquema, o Corinthians marcou nove gols (média de 3 por jogos) e sofreu apenas três. Em comparação com antigo esquema de 4-2-3-1, foram 19 gols em 15 partidas (média de 1,2 por jogo).

Vejo que a equipe melhorou por conta do sistema de jogo, mas também pela individualidade de seus jogadores. O Corinthians hoje é uma equipe mais competitiva, que marca melhor e isso tem sido fundamental“, avaliou Mancini.

Leia mais:

Saiba mais sobre o veículo