Mariza valoriza prêmio de melhor zagueira do Paulistão, mas exalta coletivo do Corinthians | OneFootball

Icon: Central do Timão

Central do Timão

·28 de novembro de 2023

Mariza valoriza prêmio de melhor zagueira do Paulistão, mas exalta coletivo do Corinthians

Imagem do artigo:Mariza valoriza prêmio de melhor zagueira do Paulistão, mas exalta coletivo do Corinthians
  1. Por Kennedy Cardoso / Redação da Central do Timão

Mariza chegou ao Corinthians em 2022 como meio-campista de origem, mas, com pouco espaço no setor de criação, se transformou em zagueira com o técnico Arthur Elias. A jogadora foi mantida na defesa com o interino Rodrigo Iglesias e, na última segunda-feira, 28, entrou na seleção do Paulistão Feminina, sendo eleita uma das duas melhores da posição no campeonato.

Em entrevista na zona mista do evento da FPF, Mariza reconheceu a boa temporada individual, sendo titular do Corinthians na maior parte do ano, incluindo nas finais, e disse que o prêmio de melhor zagueira do Paulistão coroa um 2023 de consolidação na zaga alvinegra. A jogadora, no entanto, destacou que não teria alcançado a seleção do campeonato se não fosse pelo coletivo forte do time.


Vídeos OneFootball


Imagem do artigo:Mariza valoriza prêmio de melhor zagueira do Paulistão, mas exalta coletivo do Corinthians

Mariza comemora gol contra Palmeiras na semifinal do Paulistão. Foto: Rebeca Reis/Ag. Paulistão/Centauro.

“É um pouco complicado mudar de posição de uma hora para outra, mas, graças a Deus, foi muito fácil, tanto que tive bons números durante a temporada e fiz bons jogos. Eu acho que o prêmio é para coroar a temporada individual, mas claro que, sem minhas companheiras, nada seria possível, declarou Mariza.

“Eu acho que a gente não pode tirar o mérito de ninguém. Todo mundo trabalha e tem a sua porcentagem de merecimento. O grupo indo bem, algumas acabam se sobressaindo individualmente, mas sozinha ninguém conseguiria. É um prêmio individual, mas que, se pudesse, daria para dar um pedacinho para cada uma, completou.

Durante grande parte da temporada, Mariza, de apenas 22 anos, formou dupla de zaga com Tarciane, ainda mais nova, de 20. Para a melhor zagueira do Paulistão, a pouca idade das duas atrapalha em alguns momentos de inexperiência, mas a mescla de jogadoras jovens e veteranas do atual elenco alvinegro acaba compensando.

Sabemos que pesa um pouco essa questão da idade em alguns momentos, mas acho que a mescla de idade da nossa equipe, entre mais novas e mais velhas, acaba deixando a gente confortável. Tudo é trabalho, independente da idade. A gente trabalha nosso mental para entrar no jogo e dar conta do recado”, concluiu.

Titular na final estadual, contra São Paulo, Mariza soma 64 jogos pelo Corinthians, com quatro gols marcados e seis títulos conquistados: dois Brasileiros (2022 e 2023), duas Supercopas do Brasil (2022 e 2023), uma Copa Paulista (2022), uma Libertadores (2023) e um Paulistão (2023).

Veja mais:

Saiba mais sobre o veículo