Mário Bittencourt critica liminar que permite jogo do Vasco no Maracanã: “Fora dos limites” | OneFootball

Mário Bittencourt critica liminar que permite jogo do Vasco no Maracanã: “Fora dos limites”

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, criticou nesta quinta-feira (30) a decisão que permite que o jogo entre Vasco e Sport, pela Série B, aconteça no Maracanã. Segundo o mandatário, o Judiciário atuou fora dos limites de bom senso, alegando ainda que os clubes poderão ser prejudicados devido ao desgaste do gramado.

Recentemente, Flamengo e Fluminense, gestores do estádio, investiram 4 milhões de reais na reforma do gramado. Logo, Mário não concordou com a liminar que liberou a utilização do Maracanã para o Vasco, mandante da partida deste domingo (3).

“Considero essa decisão concedida ao Vasco completamente fora dos limites legais, dos limites do contrato e do bom senso. Houve um investimento de R$ 4 milhões para a troca do gramado. O Flamengo ficou sem jogar jogos importantes no Maracanã, o Fluminense também. Inclusive da Libertadores”, afirmou o presidente do Fluminense.

Alugou São Januário para dois jogos lá e na segunda partida foi solicitada a retirada. Agora considero um absurdo inadmissível que a gente vai ter um prejuízo enorme no gramado que colocamos lá por causa de uma decisão que não observou tudo isso“, completou.

Porém, fez questão de enfatizar que Vasco e Botafogo não são proibidos de atuar no Maracanã: “Nunca o Vasco e o Botafogo foram proibidos de jogar no estádio, mas o contrato de concessão é muito claro que a prioridade é dos clubes que fazem a gestão do estádio e têm a sua programação”.

Mário também comentou sobre o interesse do Vasco de entrar na parceria, reiterando que ações como essa dificultam ainda mais as conversas: “A participação da licitação é Flamengo e Fluminense. O Vasco se manifesta sempre através da imprensa que tem interesse, etc. Mas não temos conversas abertas nesse sentido. Atitudes como essa afastam ainda mais a possibilidade de conversa”.

Por fim, afirmou ter reunião marcada para esta sexta (1) com Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, e que oficializará a parceria com o Rubro Negro: “Na próxima licitação estaremos juntos com o Flamengo. Amanhã tenho reunião com Landim”.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo