Mano Menezes elogia ‘entrega’ dos reservas do Inter no empate contra o Ceará | OneFootball

Mano Menezes elogia ‘entrega’ dos reservas do Inter no empate contra o Ceará

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Na noite deste sábado (02), Internacional e Ceará se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro. Em virtude da disputa da Copa Conmebol Sul-Americana, o Colorado entrou em campo com reservas, contra um Vozão que ainda não venceu no Castelão pela competição. E, diante de um duelo marcado por excesso de faltas, ninguém levou a melhor, com o 1 a 1 ficando no marcador. De pênalti, Lima abriu o placar, mas Moisés empatou para a equipe comandada por Mano Menezes.

Diante de uma atuação inconsistente do time reserva, mas que soube segurar o empate mesmo com um a menos, Mano Menezes ficou satisfeito. Na visão dele, apesar do resultado não ser dos melhores, a igualdade passou pela “entrega” dos atletas que atuaram no Castelão.

– Em determinados momentos foi um bom jogo. A nossa equipe fez um bom primeiro tempo. Apesar de ter saído atrás, em um pequeno erro defensivo nosso, estávamos com o jogo bem controlado. Tivemos uma resposta forte depois de sofrer o gol, empatamos e podíamos ter virado.Preciso elogiar a postura que o time teve e a entrega para que a ideia de nos dar no mínimo um ponto se concretizasse. Saímos com uma boa impressão – argumentou Mano Menezes.

Para saber tudo sobre o Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

A atitude de entrar com o time completamente reserva, inclusive, causou certos questionamentos. Antes do jogo de ida, pela Sul-Americana, Mano Menezes havia entrado com força máxima e agora, antes da volta, optou por poupar todo mundo. Diante disso, o técnico do Internacional explicou para a torcida os motivos para essa ação.

– Nós vínhamos executando um planejamento bom até o jogo contra o Botafogo. Onde tivemos uma derrota inesperada, da forma como aconteceu. Aí já perdemos o Alan Patrick e o Wanderson para o jogo seguinte. Então ficamos na obrigação de vencer o próximo jogo, contra o Coritiba, que era aonde pretendíamos poupar alguns jogadores. E isso acabou nos prejudicando pro jogo de Santiago, pois perdemos Bustos. O futebol é assim, ele te cobra caro e não conseguimos fazer um jogo a altura de uma Sul-Americana. Então, quando viemos de lá, não tínhamos outra opção a não ser preservar alguns jogadores agora – finalizou Mano Menezes.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo