Manchester United planeja anunciar cinco reforços para a temporada, diz jornal | OneFootball

Manchester United planeja anunciar cinco reforços para a temporada, diz jornal

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

O trabalho do técnico Erik ten Hag no Manchester United já começou, mas até o momento está cercado de indefinições. O clube inglês, que está fora da próxima edição da Liga dos Campeões, ainda não chegou a um acordo com nenhum reforço e vem convivendo com a possibilidade de perder peças importantes. No entanto, o jornal inglês “The Sun” garantiu que a ideia da diretoria do United é confirmar cinco reforços ainda durante o mês de julho.

Uma das principais indefinições que ainda cercam o Manchester United se dá por conta de Crisitano Ronaldo, principal jogador da equipe. O português não se reapresentou com o restante do elenco e poderá deixar o clube. Na última semana, a imprensa do Reino Unido destacou que o português teria pedido para sair já que tem o objetivo de disputar a Liga dos Campeões.

Enquanto isso, a diretoria trabalha nos bastidores e o “pacotão” de cinco reforços já vem sendo organizado. A grande maioria dos alvos do Manchester United neste momento são indicações de Erik ten Hag e jogadores com os quais o treinador já trabalhou e sabe como gostam de atuar. Neste sentido, Lisandro Martínez, Antony e Frenkie de Jong aparecem na lista.

Além dos três, que trabalharam no Ajax sob orientação de Erik ten Hag, o clube ainda tenta encaminhar as chegadas de Christian Eriksen e Tyrell Malacia. O primeiro encerrou o seu vínculo com o Brentford, está livre no mercado e já demonstrou o interesse em acertar com o Manchester United. O segundo é uma das principais revelações do futebol holandês e tem vínculo com o Feyenoord.

Neste momento, de acordo com a imprensa do Reino unido, quem mais se aproxima do acerto é Eriksen. O jogador, inclusive, já teria aceitado as primeiras ofertas do clube inglês para fechar um vínculo e ser nome importante na equipe de Erik ten Hag. Eriksen tenta retomar o seu bom momento no futebol após o problema cardíaco que teve em junho do ano passado, a serviço da seleção dinamarquesa.

A única certeza da diretoria do Manchester United neste momento é que a equipe vai mesmo precisar passar por uma reformulação, principalmente para atingir resultados melhores. A troca no comando, com a saída de Ralf Rangnick e a chegada de Erik ten Hag já fez parte do processo de mudança, mas a qualificação do elenco também está em pauta. O principal objetivo é voltar à disputa da Liga dos Campeões.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo