Lucas Pires destaca união do Santos e se diz honrado por poder jogar a Copinha | OneFootball

Lucas Pires destaca união do Santos e se diz honrado por poder jogar a Copinha

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Além dos bons resultados, o Santos também está colecionando grandes promessas nesta Copa São Paulo de Futebol Júnior. Um dos nomes de destaques é Lucas Pires. O lateral-esquerdo chegou ao Peixe em julho de 2021, após rescindir o seu contrato com o Corinthians.

“Não renovei com meu clube passado, preferi não renovar. Tinham outros clubes para eu ir, mas decidi vir para o Santos, pelo histórico de revelar jogadores novos e dar oportunidades para os meninos da base. Tenho certeza que foi a melhor decisão”, disse à Santos TV.

“Teve muito sacrifício, desde pequeno. Não tinha muito dinheiro para pegar carro, então peguei muito ônibus e metrô. Saía da escola de manhã e comia a marmita dentro do metro, junto com minha avó. Ela foi minha maior inspiração, sempre foi o meu maior apoio que eu tive para seguir no futebol. Dificuldades sempre tem, mas temos que passar por cima”, completou.

O garoto também aproveitou para destacar a união do elenco do alvinegro. Ele foi titular em todos os sete compromissos do Peixe na Copinha até o momento e soma uma assistência.

“Foi um dos grupos mais unidos que eu já peguei na minha vida. Sinto o grupo bem família, bem unido, bem junto. Tudo o que a gente vai fazer, fazemos juntos. Assim que se chega longe. Vai ser assim até o final da Copinha”, analisou.

Aos 20 anos, Lucas Pires ainda comentou sobre a sensação de poder defender o Santos em um Copa São Paulo. A equipe paulista é tricampeã do torneio.

“É uma grande responsabilidade (jogar Copinha), mas também é uma grande honra. Uma grande felicidade poder jogar todo jogo, me dedicar, dar meu máximo e lembrar quem passou pela Copa São Paulo e se destacou”, disse.

O Peixe encara o América-MG nesta sexta-feira em busca de uma vaga na grande final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A bola rola no gramado do estádio Anacleto Campanella, em São Caetano, a partir das 20 horas (de Brasília).

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo