💂 Liverpool repete estratégia de sucesso para não sofrer por Mané | OneFootball

💂 Liverpool repete estratégia de sucesso para não sofrer por Mané

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Sadio Mané foi anunciado pelo Bayern de Munique, e a parceria com Salah e Firmino, agora, fica apenas na memória dos torcedores e de quem acompanhou o ataque fantástico que levou o Liverpool ao título da Champions League 2018/19.

Mas o que poderia ser um momento de apenas tristeza, na verdade, se tornou esperança para os fãs dos Reds. Por que? É porque a diretoria do Liverpool repetiu a mesma estratégia usada em temporadas passadas para não sofrer com transferências ou quedas de rendimento.

E Mané mesmo foi usado neste “experimento” dos Reds ao lado de Firmino e Salah.

Foto: PHIL NOBLE/POOL/AFP via Getty Images

Em 2015/16, o centroavante brasileiro foi contratado junto ao Hoffenheim por 41 milhões de euros* com 23 anos. Na temporada seguinte, Mané chegou do Southampton pelo mesmo valor, mas com 24 anos. E, em 2017/18, o Rei Egípcio se transferiu para o Liverpool, após se destacar na Roma, por 42 milhões de euros e com 25 anos.

Dessa vez, o trio em que os Reds apostaram foram Diogo Jota, Luís Díaz e Darwin Núñez. O centroavante chegou em Anfield na temporada 2020/21 vindo do Wolverhampton por 44,7 milhões de euros e com 23 anos.

Após brilhar pelo Porto, o atacante colombiano foi contratado pelo Liverpool por 47 milhões de euros e com 25 anos. E, nesta janela de verão, o artilheiro uruguaio de 22 anos chega depois de fazer “muito barulho” com a camisa do Benfica. O valor, porém, foi bem maior: 75 milhões de euros.

Foto: IAN KINGTON/IKIMAGES/AFP via Getty Images

Ainda é uma incógnita se o novo trio de ouro do Benfica será tão bem sucedido quanto o anterior – lembrando sempre que Salah ainda tem status de “intocável” -, mas há de se reconhecer: Klopp & Cia têm um plano.

*valores do site Transfermarkt


Foto de destaque: CARLOS COSTA/AFP via Getty Images

Mencionados neste artigo