Liverpool até consegue a virada, mas Van Dijk erra, e Brighton arranca empate em Anfield | OneFootball

Icon: Trivela

Trivela

·01 de outubro de 2022

Liverpool até consegue a virada, mas Van Dijk erra, e Brighton arranca empate em Anfield

Imagem do artigo:Liverpool até consegue a virada, mas Van Dijk erra, e Brighton arranca empate em Anfield

Trent Alexander-Arnold teve mais um jogo defensivo ruim, Van Dijk falhou a oito minutos do fim, e o Brighton conseguiu resgatar um ponto em Anfield com o empate por 3 a 3, após levar a virada do Liverpool, que voltou da pausa internacional e de duas rodadas de folga no Campeonato Inglês mantendo a irregularidade que tem marcado este começo de temporada.

Por causa da morte da rainha Elizabeth, o Liverpool pulou duas rodadas da Premier League. Nesse período, levou uma goleada do Napoli e venceu o Ajax graças a um gol de cabeça nos minutos finais. Jürgen Klopp elogiou a postura dos seus jogadores nesse segundo jogo, mas deve ter ficado irritado pela prestação deste sábado que deixa os Reds com 10 pontos, a 11 do líder Arsenal, com um jogo a menos.

Foi a primeira vez em um mês que o Brighton entrou em campo e manteve o histórico recente de complicar a vida do Liverpool – apenas uma derrota nos últimos cinco encontros. Após perder Graham Potter para o Chelsea, o clube estreou Roberto De Zerbi, ex-técnico de Sassuolo e Shakhtar Donetsk. Chegou a 14 pontos, em quarto lugar, e pode ser ultrapassado apenas pelo Manchester United, que tem um jogo a menos.

O Liverpool não teve Andrew Robertson, mas o meio-campo, setor mais afetado por lesões neste começo de temporada, foi teoricamente o ideal, com Thiago, Jordan Henderson e Fabinho. Luis Díaz saiu do banco de reservas, e Roberto Firmino começou jogando em vez de Darwin Núñez, que entrou apenas nos minutos finais.

Arnold sempre teve problemas defensivos, o que exige uma compensação coletiva para que ele possa influenciar no ataque, mas cometeu erros individuais contra o Brighton, como aos cinco minutos, quando não afastou bem uma bola dentro da área. O Brighton recuperou, Welbeck deu um toque para Trossard entrar na área e bater rasteiro para abrir o placar.

Alisson precisou defender uma cabeça não muito forte de Welbeck e abafar Solly March, à queima-roupa, mas não conseguiu impedir que os visitantes ampliassem, aos 18 minutos. Welbeck chegou pela esquerda, March deu um toque de primeira, e Trossard bateu forte de perna esquerda. No começo da jogada, mais uma vez Arnold não conseguiu lidar direito com a bola.

Sánchez saiu do gol para fechar o ângulo de Salah, aos 30 minutos, mas o Liverpool conseguiu descontar antes do intervalo. Matip começou a jogada com um passe rasteiro, Henderson deu o toque por cima e Salah saiu na cara do goleiro. Preferiu tocar de lado, e Firmino chegou batendo de chapa. O lance foi inicialmente anulado por impedimento, mas o assistente de vídeo confirmou a posição legal do egípcio.

No começo do segundo tempo, o Liverpool saiu da sua área com velocidade pela esquerda, Díaz, que havia entrado no lugar de Fábio Carvalho, carregou pela esquerda e tocou para Firmino. O brasileiro limpou dentro da área e bateu de perna esquerda para empatar com seu segundo gol. Sánchez falhou em uma cobrança de escanteio, furando a bola ao sair para dar um soco, e Adam Webster marcou contra. Era a virada do Liverpool.

A reação parecia ser uma boa notícia após uma pausa tão longa, mas a defesa voltou a falhar. O Brighton tabelou com facilidade em cima de Arnold na perna esquerda antes de Kaoru Mitoma cruzar. A bola passou por todo mundo, inclusive por Van Dijk, que furou o corte, e Trossard apareceu na segunda trave para completar o seu hat-trick e impor mais um tropeço ao vice-campeão inglês.

.

.

Standings provided by SofaScore

Saiba mais sobre o veículo