Lisca deixa o comando do América Mineiro após 16 meses

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.gazetaesportiva.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fimagem%2F2021%2F06%2F14%2F51245921380_1b317eac14_k.jpg&q=25&w=1080

Lisca não é mais técnico do América Mineiro. No clube desde janeiro de 2020, o treinador pediu demissão do Coelho nesta segunda-feira. A decisão foi tomada em comum acordo entre ele e o clube.

O ex-técnico do América-MG tinha o trabalho mais longevo da Série A. Agora, Guto Ferreira, do Ceará, é o comandante que está há mais tempo em um time da elite nacional: faz parte do Vozão desde março do ano passado.

Lisca comandou o América-MG em 81 jogos. Foram 40 vitórias, 27 empates e 14 derrotas. O Coelho alcançou a semifinal da Copa do Brasil de 2020, conquistou o acesso à Série A de 2021 e foi vice-campeão mineiro neste ano.

No entanto, o início do América no Brasileirão Série A não foi bom: a equipe perdeu as três partidas que disputou e, somando todas as competições, não vence há sete jogos. Na Copa do Brasil, o Coelho caiu na terceira fase, contra o Criciúma.

Saiba mais sobre o veículo