Lautaro Martínez marca duas vezes e Inter bate Empoli no Giuseppe Meazza | OneFootball

Lautaro Martínez marca duas vezes e Inter bate Empoli no Giuseppe Meazza

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

A Inter venceu o Empoli pela 36ª rodada da Serie A, embora o placar avantajado de 4 a 2 indique uma vitória tranquila para a equipe de Simone Inzaghi, os três pontos vieram de uma virada. Com direito a lei de ex, de Andrea Pinamonti, atacante dos toscanos, mas emprestado pelos neroazzuri e Asllani, aos 28′ minutos do primeiro tempo, despertaram a desconfiança na Inter pela abertura de vantagem do Empoli por 2 a 0. Mas, Lautaro Martínez socorreu a equipe lombarda com gols aos 40′ do 1º tempo e aos 19′ do 2º tempo e deu a vitória a Inter por 4 a 2. Os outros gols foram marcados por Romagnoli contra e Alexis Sanchez.

Empoli começou forte, com 15 minutos iniciais interessantes. Tirando ritmo de jogo, tornando a partida lenta e na primeira chance em transição foi letal. Numa saída de bola rápida de Vicario, Zurkowski cruzou e Pinamonti abriu o placar aos 5′. Após aos 15′, a Inter iniciou um bombardeio. A equipe de Simone Inzaghi criou diversas chances, de cabeça, com chutes por cima e de fora da área. E partiu na maioria das vezes pela esquerda. Dimarco – Çalhanoglu – Perisic – Barella trabalhando bem juntos, gerou muitas vantagens numéricas (4×3) e posicionais contra os defensores do Empoli. Apesar disso, o Empoli novamente ampliou o placar, em mais um contra-ataque, Stulac lançou e Asslani ampliou. A Inter sentiu o baque, mas o gol contra de Romangnoli reacendeu a esperança neroazurra, aos 40′. E aos 45′, após erro de Asllani no início do contra-ataque do Empoli, Çalhanoglu cruzou e Lautaro Martínez de chapa, empatou a partida. E a Inter não virou ainda na primeira etapa, pois a cabeçada de Skriniar parou nas mãos de Vicario.

Saiba mais sobre o Futebol Internacional no Esporte News Mundo: Benfica monitora jogador brasileiro que foi destaque no Campeonato Mineiro

Segundo tempo e a pressão da Inter permanece. Assim como no primeiro tempo, Barella – Perisic – Çalhanoglu – Dimarco foram fundamentais para a Inter ter um volume absurdo de chances. O jogo sem bola da Inter, foi vital durante todo o jogo para sufocar o Empoli e tirar qualquer tentativa de jogada de escape dos toscanos. E ao recuperar a posse e acelerar, conseguia imprensar a equipe de Andrea Andreazolli. Aos 2’ da etapa complementar, Perisic cruza e Dumfries cabeceia para fora da meta de Vicario, cinco minutos depois, Joaquín Correa toca, Dimarco chuta e Vicario defende. A pressão seguia com chances perdidas por Correa, Lautaro, De Vrij e Barella num intervalo de três minutos. Em outra sequência de chances, Correa, Barella e Skriniar tem suas finalizações bloqueadas após cobrança de escanteio com Dimarco. Porém aos 19’, Fiamozzi corta mal e Lautaro Martínez marca seu segundo gol na partida e vira o jogo no Giuseppe Meazza. Depois do 3 a 2, o jogo perde o ritmo, a Inter consegue conservar mais a posse de bola e cortar a velocidade do jogo, as alterações de Simone Inzaghi, trazendo Alexis Sanchez e Dzeko para o campo fizeram o jogo retomar um pouco mais de emoção. Dzeko, teve algumas chances desperdiçadas, aos 40’ quando corta para o meio e a zaga bloqueia seu chute, aos 47’ finalizou uma bola na trave, depois de bom passe de Arturo Vidal em contra-ataque. Embora o bósnio não tenha deixado sua marca, ele deu um belo passe para Alexis Sanchez fechar o placar em Milão por 4 a 2 ao 49′ do 2º tempo.

Siga o Esporte News Mundo nas redes: Facebook, Instagram, Twitter

A Inter volta a campo na próxima quarta-feira (11) pela final da Copa Itália contra a Juventus. Na Serie A, irá enfrentar o Cagliari, na Sardenha, no domingo (15), às 15h45.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo