Jornalista que chamou aliado de Landim de ‘frouxo’ é suspenso no Flamengo | OneFootball

Icon: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

·29 de novembro de 2023

Jornalista que chamou aliado de Landim de ‘frouxo’ é suspenso no Flamengo

Imagem do artigo:Jornalista que chamou aliado de Landim de ‘frouxo’ é suspenso no Flamengo

Sócio do Flamengo, o jornalista Túlio Rodrigues foi punido nesta terça-feira pelo Conselho Diretor do clube, comandado por Rodolfo Landim, por ofender um aliado do presidente.

Em setembro, Túlio chamou o presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo, Antônio Alcides, eleito com apoio de Landim, de “frouxo”.


Vídeos OneFootball


O comentário de Túlio foi feito em uma live do “Coluna do Flamengo”, site onde ele trabalha atualmente. Túlio atua nas mídias rubro-negras há mais de uma década com o Blog Ser Flamengo, onde inclusive entrevistou Alcides antes da última eleição.

O jornalista considerou que Alcides tinha sido “frouxo” ao permitir que o Flamengo lançasse uma versão da camisa número três diferente da aprovada no ano passado pelo Conselho. Nesta segunda, a modificação na camisa foi à votação no Conselho.

Antes da votação da mudança, Alcides fez uso da palavra para mostrar que a votação era prova de que ele não era “frouxo”. Túlio estava presente na reunião.

Suspensão faz jornalista perder direito a voto nas próximas eleições

Nesta terça, o parecer da Comissão de Inquérito criada por Landim a pedido de Alcides contra Túlio foi apresentado e votado. A Comissão sugeriu a suspensão de Túlio por 60 dias.

O parecer foi aprovado pelos integrantes do Conselho Diretor, que reúne Landim e os vice-presidentes do clube. O MRN não conseguiu verificar se Landim participou da votação ou não.

Como Túlio já tinha cumprido 15 dias de suspensão liminar decretada por Landim quando da abertura da comissão, ele não poderá frequentar o clube pelos próximos 45 dias.

Além disso, o jornalista perde seus direitos políticos e não poderá votar nem ser votado nas eleições do ano que vem no clube. Ainda cabe recurso ao Conselho de Administração, presidido por Luiz Eduardo Baptista, cujo status atual de relacionamento com Landim é uma incógnita.

Túlio é o segundo sócio suspenso este ano por ofender Alcides. O primeiro tinha sido Marco Aurélio Assef, segundo colocado nas últimas eleições. Na ocasião, Assef disse que a punição tinha o objetivo de torná-lo inelegível.

Nesta terça, Assef atuou como advogado de defesa de Túlio. Ele também está representando outro sócio de oposição que deve ser julgado em breve, Felipe Neves, este por suposta ofensa a Landim.

Um terceiro membro da oposição, o conselheiro fiscal suplente Júlio James, também responde atualmente a inquérito no clube por postagem contra Landim.

Além de perderem seus direitos políticos, os sócios que são suspensos não podem voltar a ser punidos nos três anos seguintes sob pena de serem expulsos do quadro social.

Siga o MRN no Twitter e no Instagram.Contribua com a independência do nosso trabalho: seja apoiador.

  • Jornalista que chamou aliado de Landim de ‘frouxo’ é suspenso no Flamengo
  • Denílson aponta responsabilidade de Tite em evolução de Cebolinha
  • Flamengo tem 2 titulares pendurados contra o Atlético-MG
  • Escalação do Flamengo: Tite escolhe substituto de Pulgar
  • Com novidade, Atlético-MG divulga relacionados para enfrentar o Flamengo
Saiba mais sobre o veículo