Joias brasileiras rumo à Europa: Grupo City fecha com Savinho e já está de olho em outra promessa do Galo | OneFootball

Joias brasileiras rumo à Europa: Grupo City fecha com Savinho e já está de olho em outra promessa do Galo

Logo: Sambafoot

Sambafoot

Falta apenas a assinatura de contrato para que o Atlético-MG anuncie a venda do jovem atacante Savinho ao Grupo City – dono de vários clubes pelo mundo, incluindo o Manchester City. O valor do negócio é de € 6,5 milhões (R$ 38 milhões). E não deve parar por aí, já que o Galo também pode perder o meia Yan Phillipe das categorias de base, para o mesmo grupo.

Ambos têm 17 anos, mas diferente do caso de Savinho, as conversas por Yan ainda estão em estágio inicial. O Grupo City tem especulado o segundo jogador desde dezembro e chegou a fazer uma oferta pelo meia, que foi inicialmente recusada pelo clube mineiro.

O interesse por parte dos estrangeiros em Yan retornou após conseguirem fechar com Savinho e verem que o clube mineiro precisa vender, já que tem um elenco estrelado – que conta com Hulk e Godín – e precisa “fazer caixa” para manter as contas em dia.

É improvável, porém, que o Grupo City coloque os jogadores diretamente para jogar em Manchester. Savinho, por exemplo, está tendo o seu nome veiculado por exemplo no Girona, da Espanha, onde pode ficar por alguns anos para pegar experiência para que, aí sim, siga para o principal clube da empresa que o comprou.

Nessa matéria iremos mostrar um pouco mais sobre essas duas promessas do futebol brasileiro que podem estar brilhando nos gramados europeus nos próximos meses. É importante lembrar que enquanto não completem a maioridade civil pela legislação brasileira (o que ocorre somente aos 18 anos), os jogadores não podem se transferir para o exterior. O que não impede que o negócio seja fechado e que o atleta viaje para o seu destino posteriormente.

Savinho

Bruno Cantini/Agência Galo

Natural de São Mateus, interior do Espírito Santo, Savinho nasceu em 10 de abril de 2004. Iniciou a sua trajetória no clube mineiro nas categorias de base sub-14, mas ficou conhecido após brilhar pela seleção brasileira sub-15 e conquistar o título do Campeonato Sul-Americano de 2019.

Foi lançado ao time principal em 2020, pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, em partida contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão daquele ano. No ano passado ele fez parte do elenco campeão do Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. O que ficou conhecido como o “triplete alvinegro”.

Foi citado pelo tradicional jornal inglês The Guardian, em 2021, entre os 60 jovens jogadores mais promissores do mundo nascidos até 2004. Ele entrou em campo 23 vezes pelo Galo e não fez nenhum gol. Pela base foram 36 partidas disputadas e 13 gols marcados. Sua facilidade em driblar os adversários é a sua “marca registrada”.

Yan Phillipe

CBF

Yan também chegou no Galo nas categorias de base sub-14. Ele é natural de Belo Horizonte, capital mineira, e nasceu no dia 17 de maio de 2004. Já foi convocado pela seleção brasileira sub-15, em 2018. Foi campeão estadual sub-14, sub-15 e sub-17 pelo Atlético-MG.

Ainda não estrou pelo time profissional do clube mineiro, mas é titular absoluto da categoria sub-20 da equipe. O meia disputou, até aqui, 70 jogos pelas categorias de base do Galo e marcou 31 gols.

Yan Phillipe tem contrato com o Atlético-MG até dezembro de 2023 e o acordo prevê extensão por mais dois anos após ser promovido ao elenco principal do clube. A sua multa rescisória é de € 56 milhões (R$ 330 milhões). Seus passes certeiros e sua ótima bola parada são suas principais características.

Sobre o Grupo City

O City Football Group Limited (conhecido como Grupo City no Brasil) é uma empresa de propriedade do Abu Dhabi United Group (dos Emirados Árabes Unidos). Ela foi fundada em 2014 com o objetivo de criar, supervisionar e administrar uma rede de clubes de futebol que atua sob a tutela do time inglês Manchester City.

Contratar jovens jogadores é uma das principais ações do grupo, que está de olho no mercado brasileiro. O atacante Kayky, por exemplo, foi comprado pelo City junto ao Fluminense, no ano passado, em um negócio avaliado em € 10 milhões (R$ 61,7 milhões na época). Ele se transferiu para o Velho Continente quando completou os 18 anos, assim como acontecerá com Savinho.

Outros clubes que fazem parte do conglomerado são: New York City, dos Estados Unidos, Melbourne City, da Austrália, Yokohama Marinos, do Japão, Girona, da Espanha, Sichuan Jiuniu, da China, Mumbai City, da Índia e Montevidéu City Torque, do Uruguai.

Saiba mais sobre o veículo