Início ruim e méritos do adversário: Sylvinho explica derrota do Corinthians para o São Paulo | OneFootball

Início ruim e méritos do adversário: Sylvinho explica derrota do Corinthians para o São Paulo

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Na noite desta segunda-feira, o Corinthians foi derrotado pelo São Paulo por 1 a 0. Em entrevista coletiva depois da partida, Sylvinho falou sobre o fraco desempenho do seu time no duelo da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o treinador, o começo do Corinthians foi muito abaixo e o time acabou "pagando o preço". Apesar disso, Sylvinho viu uma melhora no seu time e um equilíbrio no restante da partida.

"Todo mau momento durante uma partida de futebol se paga e paga caro. Tivemos dez minutos com uma dificuldade que todos nós entendemos, não é só rotação não. Questão de duas ou três jogadas agudas do São Paulo, tínhamos muito claro isso aí, inclusive, de estratégia de jogo. Sabíamos que o Reinaldo tinha uma passagem forte e chegamos a treinar situações como essas, mas ocorre. Dez minutos no qual o adversário foi melhor que nós e isso custa bastante. Em qualquer momento que você esteja um pouco abaixo, isso pode acontecer a qualquer momento, você acaba pagando caro. Campeonato equilibrado e as forças se equivalem", explicou o técnico.

"Tivemos um começo que tentamos equilibrar as forças, o São Paulo, por jogar em casa, saiu forte, mas foi uma questão mais técnica. Entendíamos aquele começo, não estivemos à altura e depois o jogo ficou mais equilibrado. As forças estavam mais próximas e qualquer um podia fazer um gol", continuou Sylvinho.

Durante os 90 minutos, o Corinthians encontrou muitas dificuldades para atacar. Ao total, foram apenas seis finalizações contra o São Paulo. O treinador falou sobre a baixa ofensividade e deu méritos para o adversário.

"Parte dela é a primeira construção que o adversário te tira, passa linha e vai marcar no seu espaço, Nós também fazemos isso com o adversário. Melhorar é nossa função, nosso papel. Não estamos contentes, queremos buscar melhorar performances, buscar o momento correto do atleta. Vamos buscar soluções para os próximos jogos", disse Sylvinho.

Apesar do pouco volume ofensivo e do baixo número de finalizações nos últimos jogos, Sylvinho discordou quando questionado se seu time era previsível. Para o técnico, muitas trocas ocorrem durante o jogo.

"Longe do time ser previsível, pelo contrário. Estamos tentando buscar esse time, está aberto o cenário. Trocas de atletas tem ocorrido, com características diferentes. Jô na frente, Róger foi pra frente, depois Róger pro lado e Jô volta. Esse tripé de meio-campo, com Giuliano e Renato, tem dado bastante para nós a nível técnico, a presença do Cantillo também. Estamos buscando, não temos ainda um período longo. Ao contrário, estamos trabalhando. O adversário do outro lado tem a leitura e vai buscar fazer com que você não desenvolva parte daquilo que o Fluminense já nos criou muita dificuldade. Então, não esperamos que o Corinthians entre em campo e faça quatro, cinco gols por jogo. Não, estamos buscando a cada jogo, nossas dificuldades são enfrentadas", falou o treinador.

Ainda sobre a partida, Sylvinho reconheceu que seu time jogou abaixo do São Paulo. O treinador perdeu o seu primeiro clássico desde que chegou ao Corinthians.

"O clássico, meu primeiro clássico que acabo perdendo. Sempre ruim, não é boa. E, se tivermos que fazer algumas comparações, não foi bom. Vencemos o Palmeiras com méritos e hoje, contra o São Paulo, tivemos dificuldades. Não foi um bom jogo, realmente não foi dos melhores", concluiu Sylvinho.

Notícias relacionadas

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo