Ídolo alviverde: o que faz de Raphael Veiga um dos grandes nomes do Palmeiras | OneFootball

Ídolo alviverde: o que faz de Raphael Veiga um dos grandes nomes do Palmeiras

Logo: Futebol Latino

Futebol Latino

No Palmeiras desde 2017, tendo feito uma pausa em 2018, quando foi emprestado para o Athletico, Raphael Veiga é o grande destaque do time alviverde e conquistou o coração dos torcedores. E, ao que parece, eles não são os únicos. Em entrevista coletiva após o jogo contra o Juazeirense, pela Copa do Brasil, o técnico Abel Ferreira encheu o meio-campista de elogios e disse ter pedido à diretoria do clube que não o vendesse.

A adoração ao camisa 23 não é à toa. Na temporada 2022 do Verdão, Veiga é o primeiro do elenco em gols marcados, em assistências e em finalizações certas, o segundo em cruzamentos e dribles certos e o terceiro em lançamentos certos. Neste ano, também se tornou o maior goleador da história do Palmeiras na Libertadores. E as qualidades do jogador não param por aí.

“A mim, o que mais impressiona não são os dribles, o que ele joga com a bola, não são os pênaltis. Ele é um jogador completo, e quando é preciso correr atrás, ele ajuda. Técnica eu já sabia que ele tinha, agora o compromisso que ele tem, o jogador robusto que ele é, a única coisa que eu peço é que não venda esse jogador. Que ele se lembre sempre do que o fez chegar no nível que está. Se ele mantiver essa postura, quero que continue por muito tempo no Palmeiras”, declarou Abel na entrevista pós-jogo.

É hora de ir para Seleção?

Devido ao ótimo desempenho de Veiga, os brasileiros – especialmente os palmeirenses – sempre lembram do atleta nas convocações para a Seleção Brasileira. No entanto, o técnico Tite não chamou o jogador para nenhuma das partidas das Eliminatórias, nem para os amistosos antes da Copa do Mundo do Qatar, que acontecerá no final de 2022.

Apesar das reclamações nas redes sociais, a não convocação tem justificativa. Raphael Veiga disputa a vaga com Lucas Paquetá e Coutinho, jogadores nos quais Tite tem plena confiança e que apresentam bom desempenho na Seleção. Se olharmos para o posicionamento do camisa 23 no Palmeiras, dá até para dizer que ele é concorrente de Neymar, titular absoluto da Amarelinha. É um cenário complicado.

Após mais uma vitória na fase de grupos da Libertadores, contra o Emelec, o Palmeiras vai até Caxias do Sul para enfrentar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi. Com descanso, treinos e fisioterapia, o Verdão se prepara para buscar uma vitória e subir na tabela do Brasileirão.

Saiba mais sobre o veículo