Historiador descobre jogo do Corinthians acontecido há 103 anos e altera contagem oficial

Central do Timão

Imagem do artigo: Historiador descobre jogo do Corinthians acontecido há 103 anos e altera contagem oficial

Mais um jogo até então desconhecido do Timão foi catalogado e mudam, mais uma vez, os autores dos gols 1.000, 10.000 e 11.000

O jornalista e historiador Celso Unzelte, responsável pelo Almanaque do Timão, anunciou na tarde desta sexta-feira (22), que foi descoberto um jogo do Corinthians ainda não catalogado. Vale ressaltar que Celso é responsável pela documentação oficial dos jogos já registrados do Corinthians. O duelo foi descoberto por José Carlos Arnosti, historiador do Rio Claro, e por Nelcy Pauletto, seu parceiro de pesquisas.

Veja a ficha técnica da partida:

Rio Claro 2×3 Corinthians

Amistoso Estadual

25 de dezembro de 1916, período da tarde

Campo do Grêmio dos Empregados da Paulista – Rio Claro/SP

Corinthians: Casemiro do Amaral, Fúlvio, Casemiro González, Police, Plínio, César Nunes, Américo, Marconi, Amílcar, Constantino e Neco. Técnico: Amílcar Barbuy.

Rio Claro: Coli, Nenê, Tonico, Bento, Dário, Colabone, Lydio, Gemignani, Ribeiro, Oscar e Tartante.

Não há registros dos gols.

Mudanças dos números

Ainda de acordo com o jornalista, apesar dos historiadores não terem ainda conseguido descobrir os autores dos gols da partida de 103 anos atrás, altera-se a contagem oficial do clube de alguns dados. Agora são 5880 jogos, 3052 vitórias, 11033 gols marcados e 6690 gols sofridos. Assim, alguns tentos históricos do Timão também foram alterados, como:

Gol 1000: Rato, em 18 de setembro de 1927, contra o Americano/Audax.

Gol 10000: Dentinho, em 23 de julho de 2009, contra o Vitória, da Bahia.

Gol 11000: Gil, em 10 de outubro de 2019, contra o Athletico, do Paraná.

Créditos: Celso Unzelte e Almanaque do Timão

Por Gabriel Gonçalves / Redação da Central do Timão

Vídeo recomendado