Haaland abre sua contagem pelo City e marca duas vezes em vitória fora de casa contra o West Ham | OneFootball

Haaland abre sua contagem pelo City e marca duas vezes em vitória fora de casa contra o West Ham

Logo: Trivela

Trivela

Aos 20 minutos do segundo tempo, Kevin de Bruyne recebeu com liberdade no meio-campo e esticou um passe rasteiro para Erling Haaland, que atacava o espaço e se projetava nas costas da defesa do West Ham. O movimento terminou com o segundo gol da vitória dos visitantes por 2 a 0 no Estádio Olímpico de Londres, e quanto mais o Manchester City se acostumar a ele, mais perigoso ficará com o seu novo e badalado reforço.

Saber a hora de aproveitar a aceleração de Haaland com um passe mais vertical será a principal adaptação pela qual o bicampeão inglês, geralmente um time com paciência e que trabalha a bola à exaustão, terá que passar para tirar o melhor de um dos principais centroavantes jovens do mundo. Do outro lado, Haaland também terá que aprender a participar da construção mais lenta do City e o fez com relativo sucesso no primeiro tempo.

Com Gianluca Scamacca no banco de reservas, a temporada não começou bem para o West Ham, que teve que substituir Lukasz Fabianski por lesão logo aos 28 minutos. Alphonse Areola, contratado em definitivo após um empréstimo do PSG, entrou em seu lugar na metade de um primeiro tempo em que os donos da casa tiveram muitas dificuldades para atacar, depois de uma cabeçada de Michail Antonio para fora no terceiro minuto.

O City, com Gündogan e Rodri ao lado de De Bruyne no meio-campo, e Foden e Grealish pelos lados de Haaland, teve 79% de posse de bola na etapa inicial e foi pouco a pouco ganhando ritmo. Arrancada de Cancelo terminou com um chute cruzado de De Bruyne, para fora, aos 14 minutos. O belga chegou a colocar a bola na rede, após boa trama entre Grealish, Haaland e Gündogan, mas o meia alemão estava impedido no meio da jogada.

Aos 34 minutos, o Manchester City abriu o placar também aproveitando as projeções de Haaland, embora em um espaço mais contido do que no segundo gol, cercando a área do West Ham. Mas Gündogan deu o passe, Haaland entrou na área e tentou driblar Areola. Foi derrubado, claramente, e converteu o pênalti para fazer seu primeiro gol em um jogo oficial pelos ingleses.

A partida ficou mais aberta depois do intervalo. O West Ham começou a levar algum perigo. Declan Rice mandou por cima do travessão, e Saïd Benrahma, que entrou aos 12 minutos ao lado de Scamacca, bateu fraco sem problemas para Ederson. Pouco depois, o City saiu com a bola com muita liberdade pelo meio, e De Bruyne esticou para a passagem de Haaland por trás da defesa dos Hammers.

Haaland dominou, ajeitou o corpo e bateu de canhota na saída de Areola para fechar a primeira vitória do time de Pep Guardiola na nova Premier League. E marcar seus primeiros gols pelo Manchester City. Certamente os primeiros de muitos.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo