Há 41 anos, Grêmio goleava exótica seleção em Honduras | OneFootball

Há 41 anos, Grêmio goleava exótica seleção em Honduras

Logo: Portal do Gremista

Portal do Gremista

Após ganhar o Campeonato Brasileiro de 1981, o Grêmio passou a ser convidado para comparecer em diversos amistosos ao redor do mundo. O primeiro deles ocorreu na festiva Copa El Salvador del Mundo, iniciada no dia 2 de agosto, em El Salvador.

Lá, o Imortal ficou com o título após vencer a Seleção Salvadorenha por 3 a 2, de virada, além de golear o Vitória de Setúbal, de Portugal, pelo placar de 5 a 0. Com o troféu em mãos, a delegação gremista rumou de San Salvador, em El Salvador, para Honduras, nação vizinha localizada na América Central. Já em terras hondurenhas, na capital Tegucigalpa, o clube gaúcho realizaria um exótico amistoso contra o selecionado local, no Estádio Nacional da cidade.

Então campeão brasileiro, o Tricolor confrontou a Seleção de Tegucigalpa no dia 13 de agosto de 1981, há exatos 41 anos. Embalado pelo recém título nacional, o Grêmio aplicou um sonoro 7 a 1 na equipe de Honduras, com gols de Héber, Tarciso (2) e Baltazar (4). Para aquela partida, o ex-treinador Ênio Andrade escalou jogadores como Leão, Paulo Roberto, Baidek, Newmar, China, Paulo Isidoro e Vilson Taddei — todos titulares na campanha do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Grêmio também marcou presença na Europa

Depois do jogo amistoso, o Imortal rumou à cidade de Rimini, na Itália, onde participaria de mais um confronto festivo, no dia 19 de agosto. Enfrentando a equipe local, o Grêmio ganhou facilmente pelo placar de 3 a 1, novamente com gols de Héber e do centroavante Baltazar — que naquela altura já era chamado pelo nome de “Artilheiro de Deus”.

Visando a disputa do Campeonato Gaúcho — que seria ganho pelo tradicional rival de Porto Alegre —, o clube gaúcho ainda rodaria pela Europa nas próximas semanas antes de voltar ao Brasil.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo