Há 10 anos, Romarinho calava o Boca Juniors em La Bombonera | OneFootball

Há 10 anos, Romarinho calava o Boca Juniors em La Bombonera

Logo: Central do Timão

Central do Timão

  1. Por Gabriel Gonçalves / Redação Central do Timão

No dia 27 de junho de 2012, o Corinthians entrava em campo pela final da Libertadores da América. A participação inédita na decisão ocorreria em um dos maiores templos do futebol sul-americano: a La Bombonera, estádio do Boca Juniors, em Buenos Aires.

Após eliminar o Santos de Neymar na semifinal e vencer o maior rival pelo Brasileiro no domingo, o Corinthians chegava focado à primeira partida da decisão. Assim, os onze escolhidos de Tite iniciavam a partida que seria uma das mais históricas do clube.

O jogo começou difícil, com o Boca Juniors tomando a iniciativa frente à sua torcida. Entretanto, o Corinthians conseguiu segurar o resultado, prostrando-se com segurança em sua defesa, e assim foi durante todo o primeiro tempo.

A segunda etapa se iniciou com um Boca Juniors irritado com o empate, partindo para cima do Corinthians. E conseguiram. Aos 28 minutos, após confusão na área, Chicão coloca a mão na bola, mas ela sobra para Roncaglia estufar as redes. O juiz não dá pênalti, nem expulsa o zagueiro, mas anota o gol Xeneize.

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A partir daí, o Corinthians tentou atacar mais o time argentino. Porém, a linha de frente alvinegra não estava em um dia muito inspirada. Aos 39 minutos, Tite tira Danilo e coloca o jovem Romarinho, que tinha acabado de marcar dois gols contra o Palmeiras no final de semana anterior.

Já aos 41 minutos, após uma bela trama de passes, Romarinho recebe na entrada da área e na saída do goleiro Orión. Em seu primeiro toque na bola em uma Libertadores em toda a vida, aplica uma cavadinha sobre o arqueiro e sai com os braços abertos para a comemoração.

Com o 1×1, o Corinthians mantinha a invencibilidade, e saía de Buenos Aires com moral para a finalíssima no Pacaembu, na semana seguinte.

Relembre o gol de Romarinho:

Ficha técnica do jogo

Boca Juniors 1×1 Corinthians

27 de junho de 2012

Estádio Alberto J. Armando (La Bombonera)

Libertadores da América – Final Ida

Árbitro: Enrique Osses

Boca: Orión, Roncaglia, Schiavi, Caruzzo, Clémente Rodriguez, Somoza, Ledesma (Rivero), Erviti, Riquelme, Mouche (Cvitanichi) e Santiago Silva (Viatri). Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Corinthians: Cássio, Alessandro, Chicão, Leandro Castán, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Danilo (Romarinho), Alex (Wallace), Jorge Henrique (Liedson) e Émerson Sheik. Técnico: Tite.

Gols: Roncaglia (73′) e Romarinho (86′).

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo