Guto Ferreira lamenta derrota e afirma: ‘Para sair dessa situação, a gente precisa ganhar’

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fesportenewsmundo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F06%2FWhatsApp-Image-2021-06-17-at-20.31.58.jpeg&q=25&w=1080

Na tarde desta quinta-feira, 17, Ceará e Bahia se enfrentaram na Arena Castelão, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2021. Na ocasião, Saulo Mineiro abriu o placar e Gilberto (2x) virou a partida para o Esquadrão. Após a partida, o técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva e logo de cara foi questionado sobre a arbitragem:

“Sabemos que para sair dessa situação, a gente precisa ganhar, independente de qualquer erro. Comentários sobre a arbitragem, eu vou deixar para vocês. Ficou evidente o que aconteceu. Eu não vou ficar reclamando aqui. Nesse momento isso não vai ajudar em nada.”

Guto aproveitou da oportunidade para normalizar a pressão que vem sendo exercida sobre o Ceará:

“Futebol é pressão o tempo todo. Quando tem vitória, você tem tranquilidade. Porém, quando não tem vitória, você acaba convivendo com a pressão o tempo todo. Todos que estão ali, jogadores, comissão e staff, são acostumados a trabalhar dentro dessa pressão. A gente tenta manter a seriedade o máximo possível. Já que esse tipo de situação não soma nada para nós.”

Guto ainda faz uma avaliação geral de como foi a partida e cita o fator psicológico:

“ Eu acho que tem um pouco de cunho psicológico. A gente queria muito vencer. Até chegamos a sair na frente. Mas acabamos tomando um gol de pênalti. Cada um interpreta de uma maneira. Porém, isso desequilibrou a equipe. O segundo gol veio logo em seguida. Depois, a equipe retornou para o jogo, cresceu e criou situações. A gente fez o gol, que infelizmente não valeu. O empate naquele momento daria força para o Ceará buscar o resultado positivo,” finalizou.

Saiba mais sobre o veículo