Grandes têm amplo favoritismo, mas 15ª rodada do Italiano pode ser traiçoeira | OneFootball

Grandes têm amplo favoritismo, mas 15ª rodada do Italiano pode ser traiçoeira

Logo: Calciopédia

Calciopédia

Rodadas em dias úteis costumam apresentar dificuldades adicionais para times que enfrentam uma maratona de jogos devido à suas participações em torneios continentais. Na 15ª jornada da Serie A, todos os grandes, que têm ambições na temporada, certamente colocaram os três pontos em seus planejamentos, já que enfrentam adversários acessíveis. Porém, o cansaço e eventuais rodízios podem atrapalhar o que foi projetado anteriormente. A mensagem é simples: quem escorregar, vai perder terreno. Confira a prévia.

O jogão

Quarta, 1º/12, 16h45

Sassuolo x Napoli

Depois do show contra a Lazio na última rodada, o Napoli terá pela frente o Sassuolo, que também teve uma exibição impactante no domingo – bateu o Milan, proporcionando que os partenopei pudessem se isolar na liderança. Ultimamente, visitar os neroverdi não tem sido muito positivo para os azzurri, que certamente não estão satisfeitos em enfrentar o time emiliano justo no melhor momento do adversário desde que o técnico Dionisi assumiu o cargo.

O Sassuolo está invicto há dois jogos contra o Napoli e, em casa, foi derrotado apenas uma vez nas seis últimas oportunidades. Apesar disso, Spalletti e seus comandados são favoritos, considerando o estado de forma atual de jogadores como Koulibaly, Ruiz, Mertens e Insigne. Além disso, os retornos de Politano e Ounas reforçam o setor ofensivo, que estava com um número significativo de baixas.

Prováveis escalações

Sassuolo: Consigli; Toljan, Chiriches, Ferrari, Rogério; Frattesi, Lopez, Matheus Henrique; Berardi, Scamacca, Raspadori.

Napoli: Ospina; Di Lorenzo, Rrahmani, Koulibaly, Mário Rui; Lobotka, Ruiz; Elmas, Zielinski, Insigne; Mertens.

Fique de olho

Quarta, 1º/12, 14h30

Inter x Spezia

Na volta de Thiago Motta a San Siro, a Inter deve festejar o jogador integrante do elenco que faturou a Tríplice Coroa, em 2010, e pouco além disso. A expectativa dos nerazzurri é superar o modesto Spezia e confirmar a ascensão neste momento da temporada. Se triunfar, a Beneamata chegará a três vitórias seguidas na Serie A pela primeira vez desde que Simone Inzaghi chegou ao clube.

A rigor, a Inter é a melhor anfitriã dos cinco maiores campeonatos europeus desde o início da temporada 2020-21 – neste período, somou 21 vitórias em 25 jogos em casa pela Serie A. O Spezia, que perdeu suas quatro últimas partidas como visitante na competição, sofrendo 14 gols nesta sequência, não deve ser um obstáculo dos mais duros para os nerazzurri. Pensando nisso, o seu treinador dará um descanso para jogadores como Barella, Perisic e Dzeko.

Depois de vencer o Venezia, a Inter de Lautaro terá mais um duelo contra time da parte de baixo da tabela (Getty)

Quarta, 1º/12, 16h45

Genoa x Milan

Para o Milan, a quarta é de reencontro com um ídolo: Shevchenko, técnico do Genoa, será adversário dos rossoneri pela primeira vez desde que se tornou um dos maiores jogadores da história milanista. Até agora, porém, o ucraniano não conseguiu transmitir a sua especialidade aos atletas rossoblù, que não marcaram um golzinho sequer nas duas partidas de sua gestão. Os grifoni, a propósito, seguem na zona de rebaixamento.

O Genoa empatou metade de seus jogos na Serie A, mas pode-se dizer que ficaria satisfeito com um pontinho contra o vice-líder. Por outro lado, Pioli pretende manter a escrita favorável para o Milan nos duelos com o Vecchio Balordo. O Diavolo venceu seis das últimas nove partidas do Italiano contra os genoanos e está invicto há quatro jogos como visitante contra o adversário.

Demais partidas

Terça, 30/11, 14h30 Atalanta x Venezia Fiorentina x Sampdoria

Terça, 30/11, 16h45 Salernitana x Juventus Verona x Cagliari

Quarta, 1º/12, 14h30 Bologna x Roma

Quinta, 2/12, 14h30 Torino x Empoli

Quinta, 2/12, 16h45 Lazio x Udinese

Saiba mais sobre o veículo