Giovana Queiroz é a grande vencedora do Troféu Samba Gold Feminino 2021 | OneFootball

Giovana Queiroz é a grande vencedora do Troféu Samba Gold Feminino 2021

Logo: Sambafoot

Sambafoot

A atacante Giovana Queiroz superou 29 concorrentes e venceu o Samba Gold Feminino 2021. Essa foi a primeira edição do troféu na modalidade feminina, que escolhe a melhor jogadora brasileira atuando no exterior. O prêmio concedido pelo Sambafoot desde 2008 – e que até então abrangia apenas o futebol masculino – tornou-se referência para os atletas nascidos no país do futebol.

Gio Queiroz começou a sua carreira em 2018, no Madrid CFF, da Espanha. Desde então ela defendeu as cores dos espanhóis Barcelona e do Levante, sendo este último o seu clube atual, onde a jogadora atua desde o fim do primeiro semestre do ano passado. E, é claro, ela já foi convocada várias vezes para a seleção brasileira. A goleadora nasceu em 2003 na cidade de São Paulo.

Em 2021, a artilheira disputou 23 partidas e fez 8 gols, somando os jogos pelo Levante e pela seleção brasileira. Ela fazia parte do plantel do Barcelona até meados do referido ano, e viu a equipe levantar as taças do Campeonato Espanhol e da Liga dos Campeões da UEFA. Gio também disputou os Jogos Olímpicos do Japão com o Brasil e, após a competição, marcou o seu primeiro gol com a camisa verde e amarela. O momento marcante ocorreu na vitória de 6 a 1 sobre a Índia, em partida válida pelo Torneio Internacional de Manaus, no qual a seleção se sagrou campeã em dezembro.

Seu crescimento no futebol foi reconhecido e manifestado em 31,12% dos votos válidos de fãs e jornalistas de todo o mundo, lhe permitindo alcançar o feito de ser a primeira jogadora a vencer o troféu Samba Gold Feminino.

O ano de 2021 teve outra novidade para o prêmio Samba Gold, além da criação da modalidade feminina. As votações, que tiveram início no dia 15 de dezembro, não eram mais para escolher o melhor brasileiro a atuar somente na Europa, mas sim em qualquer país estrangeiro. Neymar é o atual e maior vencedor entre os homens.

A segunda e terceira colocadas

A atacante Ludmilla, do Atlético de Madrid, ficou no segundo lugar do troféu Samba Gold Feminino 2021 com 13,58% dos votos. A artilheira vem se destacando no clube espanhol desde que foi contratada em 2017. Natural de Guarulhos, São Paulo, ela iniciou a sua carreira na Juventus-SP, em 2011. Ela fez parte do grupo de jogadoras convocadas para os Jogos Olímpicos do ano passado e disputou a última Copa do Mundo, em 2019.

Gabi Nunes tem apenas 24 anos e brilhou no Corinthians entre 2016 e 2021. Após ter vencido o Brasileirão do ano passado pela Timão, ela chamou a atenção do Madrid CFF e se transferiu para a Espanha em setembro. Gabi, assim como Giovana, marcou o seu primeiro gol no Torneio Internacional de Manaus do último ano. Ela deixou a sua marca na vitória de 4 a 1 sobre a Venezuela e ficou na terceira colocação do Samba Gold Feminino 2021, com 8.81% dos votos.

Fique ligado no próximo ano

O seu voto foi em uma dessas três grandes craques? Fique ligado no Sambafoot para as principais notícias de brasileiras atuando no exterior. Assim, você já começa a pensar no seu voto e vai aquecendo o dedo para votar no prêmio Samba Gold Feminino 2022.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo