Gil vê o Corinthians mais forte com Sylvinho e celebra boa fase defensiva

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.gazetaesportiva.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fimagem%2F2021%2F07%2F23%2Fagenciacorinthians-foto-182012-1.jpg&q=25&w=1080

Desde a contratação de Sylvinho, em maio, o Corinthians vem enfrentando dificuldades para embalar no Campeonato Brasileiro, com apenas três vitórias em 12 jogos. Apesar da falta de triunfos, o comandante conseguiu ajustar a defesa alvinegra, que é a segunda melhor do Nacional, com 10 gols sofridos.

O bom desempenho defensivo, aliás, é motivo de celebração para o experiente zagueiro Gil, que afirmou enxergar o Timão mais forte com o ex-lateral no comando.

“Acho que confiança é uma das coisas mais importantes para um atleta de futebol, ter a confiança e poder jogar e ter essa segurança. A nossa equipe ficou muito forte com a chegada do Sylvinho, com aquilo que ele tem implementado aqui dentro do Corinthians, não só para nossa defesa, mas com todos os atletas, porque a nossa marcação já começa lá na frente. A gente fica feliz”, disse em coletiva.

“Eu, particularmente, fico feliz de poder ajudar os meus companheiros. Quando a gente conversa, sempre falo com eles que eu sou egoísta nessa parte de ter a melhor defesa. É um conjunto de todo mundo que tem ajudado. Que a gente possa permanecer forte assim e conseguir as vitórias, que é o mais importante para o clube e para a nossa sequência no campeonato”, completou.

E uma grande diferença do Sylvinho para o Vagner Mancini, seu antecessor, é a formação tática da equipe. Se antes o Corinthians entrava em campo com três zagueiros, agora o time encara os adversários com uma linha de quatro defensores.

“Cada treinador tem o seu perfil e a maneira de trabalhar. O Sylvinho tem a maneira dele de fazer o trabalho, assim como Vagner Mancini. Eu não tenho preferência nenhuma, até porque quando o jogador está apto a participar de todos os treinos e todos os jogos, ele não vê dificuldade nenhuma”, comentou o atleta de 34 anos.

Por fim, Gil também aproveitou para comentar sobre qual deve ser a briga do clube alvinegro no Campeonato Brasileiro. O zagueiro destacou a competitividade do torneio e não descartou uma briga pelo título.

“Temos que pensar jogo a jogo, nós sabemos que o Brasileiro é muito difícil, então a gente está se preparando bem. Sabemos que equipes como a do Flamengo, Palmeiras e São Paulo vão sempre se destacar, como o Fortaleza está agora. Nós temos que ter consciência que o máximo de pontos que nós conseguirmos fazer fora de casa é importante porque uma hora a torcida vai votar e a gente vai ter a nossa força de novo dentro da nossa arena”, disse.

“É trabalhar rodada a rodada e conseguir pontuar o máximo possível para poder chegar lá na frente, no pelotão da frente da Libertadores ou para buscar até o próprio título também. Uma hora ou outra algumas equipes vão ter uma caída, então precisamos estar sempre fortes e pontuando”, finalizou.

O próximo compromisso do Timão é nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), contra o Cuiabá, fora de casa, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Saiba mais sobre o veículo