Galo vence no litoral paulista e se aproxima do G6 | OneFootball

Icon: Deus me Dibre

Deus me Dibre

·06 de outubro de 2022

Galo vence no litoral paulista e se aproxima do G6

Imagem do artigo:Galo vence no litoral paulista e se aproxima do G6

FOTO: PEDRO SOUZA / ATLÉTICO

A noite desta quarta-feira (05) ficará marcada na história atleticana. Treze anos depois, o clube mineiro voltou a vencer o Santos jogando na Vila Belmiro. E foi com muita emoção! Em partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão, o Galo derrotou o Peixe com gols de Hulk e Nacho. Marcos Leonardo ainda descontou para o time da casa.

Com a vitória e uma rodada com resultados favoráveis, o time de Cuca encostou de vez no grupo dos 6 primeiros colocados. Agora com 46 pontos, o Atlético permaneceu na 7ª colocação, mas com apenas 2 pontos a menos que o Athletico-PR, 6º. O Corinthians, 4º colocado, tem 51.

ESCALAÇÃO

Atlético

O Galo foi escalado sem grandes surpresas. Nas laterais, Guga e Dodô ficaram com as vagas de Mariano e Rubens, entregues ao Departamento Médico. No ataque, Ademir foi escalado pelo lado direito e Pavón foi deslocado para o lado esquerdo, na vaga de Keno, suspenso. No meio, Otávio foi mantido no lugar de Jair.

Assim, o Atlético foi a campo com:

Imagem do artigo:Galo vence no litoral paulista e se aproxima do G6

FOTO: DIVULGAÇÃO / ATLÉTICO

Santos

Na equipe do litoral Paulista, o técnico Orlando Ribeiro escalou seu time da seguinte forma:

Imagem do artigo:Galo vence no litoral paulista e se aproxima do G6

FOTO: DIVULGAÇÃO / SANTOS

O JOGO

Primeiro Tempo

Muito suor e pouco futebol. Atlético e Santos fizeram um primeiro tempo onde ambas as equipes sofreram para criar. Isso passou, principalmente, pelo jogo ruim dos dois jogadores “pensantes” de Peixe e Galo. Luan e Zaracho, cada um por sua respectiva equipe, estiveram sumidos na etapa inicial.

Ainda assim, as melhores oportunidades foram da equipe da casa. Mesmo finalizando menos, 4 contra 5, o Santos teve ao menos duas grande oportunidades para abrir o placar. Em ambas, Marcos Leonardo acabou desperdiçando.

Do lado mineiro, a melhor chance ficou nos pés de Pavón. Em chute de fora da área, o argentino parou em boa defesa do goleiro João Paulo.

Segundo Tempo

Na volta do intervalo, apenas uma alteração. Cuca sacou Ademir, que estava amarelado e colocou Nacho. No Santos, a mesma equipe.

Com a entrada do meia argentino, Zaracho acabou deslocado para o lado direito e Nacho assumiu a armação. Com isso, o Atlético conseguiu ter um pouco mais de qualidade no meio, mas ainda sofria na hora do último passe, deixando o goleiro João Paulo sossegado debaixo das traves.

Até que aos 27 minutos, o clube mineiro abriu o placar. Após boa trama pelo lado esquerdo, Nacho cruzou na área, Felipe Jonatan afastou mal e Guga ficou com a sobra. O lateral levantou a cabeça e tocou na medida para o Hulk. O camisa 7, que não costuma desperdiçar, não perdoou. Chute colocado, no cantinho de João Paulo, que se esticou todo e viu a bola morrer no fundo das redes.

Após sofrer o gol, a equipe santista se jogou ainda mais para o ataque. Marcos Leonardo teve uma chance clara para marcar, após lindo lançamento de Felipe Jonatan, mas parou em Everson. O gol de empate do time da casa saiu apenas aos 43 minutos. Ângelo foi lançado, aproveitou a desatenção de Alonso e roubou a bola. Na tentativa de se recuperar, o zagueiro paraguaio ainda cometeu o pênalti. Na cobrança, Marcos Leonardo deslocou muito bem Everson para deixar o placar em 1 x 1.

Entretanto, quando a torcida santista começava a cantar, pedindo a virada, veio o lance capital do jogo. Logo no minuto seguinte ao gol sofrido, o Atlético foi ao ataque e teve uma penalidade máxima marcada. Após chutão para frente, Alan Kardec “casquinhou” para Nacho. Quando o argentino se preparava para finalizar, Nathan o empurrou por trás e cometeu a falta. Pênalti e cartão vermelho assinalado.

Na cobrança, Nacho chutou no lado esquerdo, João Paulo pulou, tocou na bola, mas a viu entrar mansamente.

O QUE VEM POR AÍ…

No domingo (09), o Galo recebe o Ceará, no Mineirão, às 18h00. A partida será válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Santos, no dia seguinte, recebe o Juventude, na Vila Belmiro, às 20h00.

Saiba mais sobre o veículo