Gabriel Pereira é defendido por Sylvinho; treinador substituiu meia do Corinthians no intervalo | OneFootball

Gabriel Pereira é defendido por Sylvinho; treinador substituiu meia do Corinthians no intervalo

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Gabriel Pereira foi assunto na coletiva de imprensa do técnico Sylvinho após a vitória do Corinthians sobre o Athletico-PR. O treinador saiu em defesa do jovem meio-campista e não gostou da pergunta que citava a queda de desempenho do atleta após a renovação de contrato.

"É um atleta jovem, de muita qualidade, não atrele situações como renovação de contrato, não faça isso. Atletas jovens oscilam, eu oscilei e todos atletas jovens oscilam, é absolutamente normal. É um atleta que tem, não sei, dez, 12, 15 partidas conosco. É um grande jogador como os demais que eu falei, Adson, Du Queiroz, que estamos falando bem, mas são atletas jovens. Fosse fácil o atleta entrasse e já estivesse pronto para uma final do Mundial. Ele tem um processo na carreira dele, é um jogador que sente como qualquer outro. Eu nunca atrelei isso, desculpa e me incomoda. Trabalho com o atleta diariamente, sei do compromisso dele, é um atleta importantíssimo para o Corinthians. Estamos felizes com o rendimento dele, felizes de ter encontrado, assim como os demais, volto a dizer Adson, Roni, Queiroz", protestou o comandante

Após mais uma partida como titular, Gabriel Pereira atuou por apenas 45 minutos neste domingo. O camisa 38 deixou o time no intervalo para dar lugar a Willian. Apesar disso, Sylvinho voltou a dizer que a irregularidade do jogador é natural pela idade. O meia tem apenas 20 anos.

"É um jovem, oscila, por isso acaba muitas vezes acaba saindo do jogo. Alguns jogos não sai, nem por uma situação técnica ou contexto, sai por uma questão tática. Nós temos outras opções, Willian, Gustavo, são jogadores diferentes. Willian está readaptando no futebol brasileiro, voltando de um processo de lesão. Não sinalizou jogar ainda de início, hoje, e o Gabriel é um grandíssimo jogador que tem feito bons jogos sim. Reitero a defesa, mas é um atleta muito jovem. Eles oscilam. Eu vejo ele perder a bola, correr, tudo que o torcedor do Corinthians gosta. É um atleta que se entrega e se doa como os demais. Não acho justo atrelar situações de contrato ou outras a uma performance de um atleta tão jovem. Nós temos que cuidar deles e é o que nós estamos fazendo", completou o treinador.

No final do mês de outubro, Gabriel Pereira assinou um novo contrato com o Timão. Depois de muitas especulações, o jogador estendeu seu vínculo até o dia 31 de dezembro de 2024, com multa rescisória de 100 milhões de euros (cerca de R$ 635 milhões).

Notícias relacionadas

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo