Gabigol reencontra adversário contra o qual mantém ótima média | OneFootball

Gabigol reencontra adversário contra o qual mantém ótima média

Logo: Jogada10

Jogada10

O jejum de seis jogos sem marcar pelo Flamengo – ele balançou redes pela Seleção – vem incomodando Gabigol. E, nesta quarta-feira (20), o artilheiro reencontra uma das equipes contra as quais costuma ter um ótimo aproveitamento: o Athletico-PR. Diante do rival paranaense, o camisa 9 já marcou seis vezes em dez jogos disputados na carreira, mantendo uma ótima média de 0,6 gols por partida.

Na própria Copa do Brasil, em 2019, o Athletico-PR sofreu na mão do atacante. Em confronto válido pelas quartas de finais daquele ano, Gabigol foi responsável pelos dois gols do Rubro-Negro carioca nos confrontos. Ambos terminaram empatados por 1 a 1, tanto na disputa em Curitiba, como no Rio de Janeiro. o Furacão acabou eliminando o Flamengo na disputa por pênaltis, no ano em que seria campeão do torneio.

Gabigol é o artilheiro do Flamengo na temporada – Alexandre Vidal / Flamengo

Ainda em 2019, Gabriel marcou um dos gols da vitória por 3 a 2, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Aquele, inclusive, foi o último jogo de Abel Braga no comando da equipe.  Em outro uelo decisivo com o Furacão, agora em 2020, o camisa 9 deixou sua marca na goleada por 3 a 0, resultado que deu o título da Supercopa do Brasil ao Flamengo, no início daquele ano.

Já em 2015, agora defendendo o Santos, Gabriel marcou duas vezes na goleada do Peixe por 5 a 1, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

No último confronto contra os paranaenses, pelo Brasileiro deste ano, apesar da boa vitória do Flamengo por 3 a 0, o atacante passou em branco.

O período de seis jogos sem marcar é o segundo pior de Gabriel com a camisa do Flamengo. No ano de 2020, ele chegou a sete jogos sem fazer gols e, se passar em branco desta vez, vai igualar sua pior marca. Em 2019, o máximo que o atacante passou cinco partidas sem colocar a bola na gaveta. Neste ano, também chegou a cinco jogos consecutivos balançando as redes. Seus recordes pelo Fla são de sete partidas seguidas, tanto em 2020, quanto em 2019.

Na temporada, Gabi já fez 27 gols em 33 jogos e deu mais sete assistências. Ao todo, pelo Flamengo, desde 2019, ele marcou 97 gols e chegou a 31 assistências, participando, assim, de 128 gols diretamente com a camisa rubro-negra. Se marcar três vezes no confronto desta quarta-feira, atinge a marca de 100 gols pelo Mais Querido. Alguém acha isso impossível para o goleador?

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Saiba mais sobre o veículo