Fluminense é superado no jogo de ida da final da Copa Rio Sub-17 | OneFootball

Fluminense é superado no jogo de ida da final da Copa Rio Sub-17

Logo: Fluminense FC

Fluminense FC

No clássico que abriu o confronto válido pela final da Copa Rio Sub-17, o Fluminense acabou superado por 2 a 0 pelo Vasco, neste sábado (02/07), em Laranjeiras.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

A equipe comandada pelo técnico Daniel Pinheiro volta a campo no domingo (10/07), quando enfrenta o próprio Cruz-Maltino, às 10h, no Estádio Nivaldo Pereira, pelo segundo jogo da decisão da competição.

PRIMEIRO TEMPO

Na primeira boa chance do Fluminense, aos 11 minutos, Crysthyan Lucas recebeu cruzamento de Vitor e, de cabeça, mandou por cima. Aos 15, o Vasco abriu o placar com Rayan. Os Moleques de Xerém responderam logo em seguida, aos 19, quando João Lourenço arriscou a finalização da entrada da área com perigo.

Aos 25 minutos, Enzo ficou com a sobra da cobrança de escanteio de Daniel Lima e encheu o pé para finalizar, obrigando o goleiro a fazer uma grande defesa. No instante seguinte, depois de mais um escanteio cobrado pelo lateral-esquerdo, Kayky Almeida e João Lourenço chutaram em cima da marcação, até que a bola chegou a Crysthyan Lucas. O centroavante, mesmo sem ângulo, acertou a trave.

SEGUNDO TEMPO

Aos 12 minutos, servido por Dohmann, Crysthyan Lucas ficou cara a cara com o goleiro, que bloqueou o espaço e interceptou a finalização do centroavante. Na sequência, Daniel Lima roubou a bola do adversário, invadiu a área e soltou uma bomba, mas errou o alvo.

Aos 15, em cobrança de falta de Daniel Lima, a bola acabou desviada pela zaga do Vasco e sobrou para Marlon finalizar de primeira contra o defensor, que espalmou. O arremate ainda explodiu no travessão. No rebote, Kayky Almeida mandou por cima. Aos 20, Rayan marcou o segundo gol do rival.

Aos 33 minutos, de longe, Crysthyan Lucas buscou o chute, mas a bola subiu demais. Aos 36, após cobrança de escanteio de Marlon, Kayky Almeida desviou de cabeça para Gustavo dominar no peito e arriscar por cima.

Aos 40, depois do lançamento de Gustavo, Marlon cabeceou com perigo, parando no goleiro. No instante seguinte, o próprio Marlon, da entrada da área, chutou por cima. Aos 47, em cobrança de falta de Miguel Vera, Gustavo cabeceou, mas o defensor ficou com a bola.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo