Flu sofre com altitude, leva gol no fim e perde para a LDU na ida da Recopa | OneFootball

Flu sofre com altitude, leva gol no fim e perde para a LDU na ida da Recopa | OneFootball

Icon: OneFootball

OneFootball

Alexandre Fernandes·23 de fevereiro de 2024

Flu sofre com altitude, leva gol no fim e perde para a LDU na ida da Recopa

Imagem do artigo:Flu sofre com altitude, leva gol no fim e perde para a LDU na ida da Recopa

Em Quito, o Fluminense perdeu para a LDU por 1 x 0, nesta quinta-feira (22), pelo jogo de ida da Conmebol Recopa Sul-Americana 2024.

O Tricolor das Laranjeiras sentiu muito a altitude de 2.800 metros.


Vídeos OneFootball


Seja pelo cansaço e desgaste físico ou pela diferença na velocidade da bola.

Até por isso, o time equatoriano usou e abusou dos cruzamentos na área e nos chutes de fora da área.

Mas o primeiro "susto" foi quando Thiago Santos  recuou a bola, Fábio não matou e teve que correr para evitar o gol.

O Fluminense respondeu no lançamento de Marcelo nas costas da zaga, Cano (7') ficou cara a cara com o goleiro, mas foi tocado por baixo na perna esquerda. O árbitro chegou a olhar no monitor do VAR, mas mandou o jogo seguir.

A questão da luz no Estádio Rodrigo Paz Delgado também chamou atenção, já que houve um apagão em dois momentos do primeiro tempo, mas a iluminação voltou em dois minutos.

Ainda na etapa inicial, a LDU teve duas boas oportunidades. Quando, no cruzamento da direita, Fábio bateu-roupa para frente, e Hurtado pegou o rebote para fora, e, nos acréscimos, na tentativa de gol olímpico de Piovi, mas que Guga tirou em cima da linha.

Keno foi quem mais sofreu com os efeitos da altitude. Ainda no primeiro tempo, muito cansado, foi possível fazer a leitura labial do atacante falando "Tô tonto".

No segundo tempo, Keno afastou uma bola de cabeça e, imediatamente, caiu no gramado, com dificuldade para respirar e até para manter os olhos abertos.

A segunda boa chance do Fluminense foi com Lima (72'), chutando de dentro da área e acertando a trave equatoriana.

Nos acréscimos, após mais um cruzamento na área tricolor, Arce desviou para o gol e abriu o placar. O lance chegou a ser anulado por impedimento, mas, após revisão do VAR, o gol foi validado.

Este navegador não é compatível. Use um navegador diferente ou instale o aplicativo

video-poster

🚦 Como fica

A partida de volta será na próxima quinta-feira (29), no Maracanã. O Fluminense precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Em caso de vitória brasileira por um gol de vantagem, o título será decidido nos pênaltis.

Os equatorianos jogam por um empate.

O Tricolor das Laranjeiras volta a campo no próximo domingo (25), no clássico Fla-Flu, no Maracanã, pela décima rodada do Cariocão.


Foto de destaque: Franklin Jacome/Getty Images