Flamengo quase dá mole, mas vence o Goiás no Maracanã. Sai sob vaias | OneFootball

Flamengo quase dá mole, mas vence o Goiás no Maracanã. Sai sob vaias

Logo: Jogada10

Jogada10

Com esquema muito ofensivo, o Flamengo derrotou o Goiás por 1 a 0, neste sábado (21), pela 7ª rodada da Série A do Brasileiro. Com apenas um volante e cinco na frente, o time fez bom jogo no primeiro tempo, quando chegou ao gol com Pedro. Já na etapa final, foi pouco intenso e quase viu o Goiás empatar aos 45. Apodi perdeu um gol feito. O Flamengo garantiu os três pontos que o leva ao 11º lugar (nove pontos), mas ainda pode cair três posições até o fim da rodada. O jogo, no Maracanã, teve excelente público: 51.962 presentes. A maioria, no fim, vaiou o time e xingou o presidente Landim.

Tadeu se antecipa e tira a bola de Gabigol – Marcelo Cortes / Flamengo

O Goiás, com oito pontos, caiu para o 14º lugar. O time goiano foi muito medroso no primeiro tempo, quando atuou com três zagueiros. Mas só foi tentar o empate, para valer, na reta final do segundo tempo.

Pedro corre para comemorar o gol que marcou para o Flamengo no primeiro tempo – Marcelo Cortes / Flamengo

Primeiro tempo

A escalação do Fla foi uma surpresa, com um volante (Arão), quatro jogadores próximos à área (Everton e Arrasca centralizados; BH e Gabi nos flancos) e Pedro de referência no ataque. Muito ofensivo, fez  boa etapa, dominando e atacando por todos dos lados, com Bruno Henrique chegando ao fundo pela esquerda e o lateral Matheuzinho pela direita. Na pressão, chegou ao gol aos 16, quando Gabi achou Matheuzinho à direita e este cruzou para conclusão de primeira de Pedro.  O time ainda teve um gol de Pablo bem anulado (falta no goleiro) e boas chances com Bruno Henrique e Matheuzinho (o goleiro Tadeu foi bem).

O Goiás pouco foi ao ataque, teve uma chance com Apodi e, nas outras duas, foi cortado por Rodrigo Caio e Ayrton Lucas.

Segundo tempo

A intensidade do Flamengo foi menor, apenas alguns lances de perigo em chuveirinhos e muito toque para o lado.  Pedro, isoladíssimo, sumiu.  Tudo isso fez o Goiás, que tirou um dos três zagueiros,  começar a buscar mais o jogo, mas sem força ofensiva e nenhum apuro na finalização. Exemplo disso foi aos 45. Num erro de marcação e escorregão de Pablo, Apodi entrou livre e, na cara de Hugo, isolou. O time saiu de campo sob vaias.

FLAMENGO 1 x 0 GOIÁS

7ª RODADA DA SÉRIE A DO BRASILEIRO Data: 21/5/2022 Local: Maracanã, Rio (RJ) Público presente: 51.692 Público pagantes: 47.680 Renda: R$ 1.975.192,50 FLAMENGO: Hugo Souza; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo e Ayrton Lucas; Willian Arão, Arrascaeta (Thiago Maia, aos 48′ do 2ºT) e Everton Ribeiro (Andreas, aos 28′ do 2ºT); Bruno Henrique (Lázaro, aos 34′ do 2ºT), Gabigol (João Gomes, aos 34′ do 2ºT) e Pedro. Técnico: Paulo Sousa. GOIÁS: Tadeu; Caetano, Diego, Da Silva (Matheus Sales, no Intervalo), Sidimar e Danilo Barcelos; Caio Vinícius, Elvis (Fellipe Bastos, aos 18′ do 2ºT) e Apodi (Maguinho, aos 46′ do 2ºT); Dadá Belmonte Pedro Raul (Nicolas, aos 18′ do 2ºT). Técnico: Jair Ventura. Gol: Pedro, aos 16′ do 1ºT (1-0) Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC) Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC) VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN) Cartões amarelos: Bruno Henrique (FL); Da Silva, Elvis, Pedro Raul (GOI)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo