Flamengo inicia Carioca em busca de feito inédito na história do clube | OneFootball

Flamengo inicia Carioca em busca de feito inédito na história do clube

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Nos últimos anos, o Campeonato Carioca tem se tornado o torneio menos valorizado da temporada. O Estadual mais charmoso do Brasil já teve uma importância maior em décadas anteriores, mas para o Flamengo, a edição de 2022 pode significar um feito inédito nos 126 anos de história do clube. O Rubro-Negro é o atual tricampeão, mas nunca conseguiu conquistar quatro títulos em sequência.

Ao longo da história, o Flamengo conseguiu seis tricampeonatos – único clube no Rio de Janeiro com esta marca. Mas em todas as outras vezes que chegou para tentar o tetra consecutivo, bateu na trave. Vamos relembrar as outras edições em que o Rubro-Negro poderia vencer o quarto título.

Liderados por lendas como Domingos da Guia, Zizinho, Jayme e Pirilo, o Flamengo conquistou os troféus de 1942, vencendo o Fluminense, de 1943, batendo o Bangu, e de 1944, superando o Vasco. Porém, na edição de 1945, o Rubro-Negro não chegou tão perto do título e ficou em quarto lugar.

O segundo tricampeonato vermelho e preto veio na década de 1950. Sob o comando do técnico paraguaio Fleitas Solich, considerado um dos maiores treinadores da história do clube, o Flamengo deu fim a uma incômoda espera por títulos e conquistou as edições de 1953, 1954 e 1955.

Entretanto, na temporada seguinte, o Rubro-Negro ficou novamente distante do tetra, terminando empatado na tabela com o Botafogo na terceira posição.

A maior geração da história do Flamengo também contribuiu com um tricampeonato estadual. No final da década de 1970, com Zico e companhia, o Rubro-Negro conquistou os títulos em 1978 e dois em 1979 (neste ano houveram duas edições do Estadual). Em 1980, o time chegou perto da final, mas acabou um ponto atrás do Vasco na tabela, ficando fora da decisão.

No final da década de 90 e início dos anos 2000, o Flamengo enfrentou o Vasco em três decisões consecutivas. Nas três o Cruz-Maltino era favorito, mas o Rubro-Negro superou o rival e conquistou o tricampeonato em 1999, 2000 e 2001, o último, com o icônico gol de falta de Petkovic.

No ano seguinte, a expectativa para o tetra era grande, mas o time teve desempenhos ruins ao longo da temporada e sequer chegou à final.

O sonho do tetracampeonato caiu por água abaixo mais uma vez em 2010. Depois de vencer três edições do Carioca em cima do Botafogo, o Rubro-Negro reencontrou o Glorioso novamente. O Flamengo chegou à final da Taça Rio contra o Alvinegro, campeão da Taça Guanabara, e precisava vencer para que os dois disputassem a decisão do Estadual. Porém, Loco Abreu marcou o famoso gol de cavadinha e derrubou o “Império do Amor” de Adriano e Vágner Love.

Agora, o Flamengo busca o tetracampeonato mais uma vez. O time da Gávea é o favorito, não só pelas conquistas das três últimas edições, mas também por manter a base do elenco que vem empilhando títulos de 2019 para cá. No entanto, as primeiras rodadas serão disputadas com os jogadores mais jovens. Mesmo sem o peso de outras décadas, o Rubro-Negro pode escrever um capítulo importante na história, começando por esta quarta-feira contra a Portuguesa-RJ.

Saiba mais sobre o veículo