Flamengo é abraçado pela torcida e vence o Ceará no Maracanã | OneFootball

Flamengo é abraçado pela torcida e vence o Ceará no Maracanã

Logo: Jogada10

Jogada10

Com apoio incessante da torcida, em ótimo número no Maracanã, o Flamengo derrotou por 2 a 1 o Ceará, nesta terça-feira, pela 36ª rodada do Brasileiro. Foi o primeiro jogo após a derrota na final da Libertadores para o Palmeiras e o Mengo fez jogo convincente, dominando e perdendo muitas chances. Gabigol, aos dois minutos, fez um gol.  E comemorou com a Nação, abraçando vários torcedores, como se agradecesse pelo apoio (e levou amarelo por isso). Mas cedeu o empate na etapa final, gol de Rick. Entretanto, Matheuzinho fez o da vitória, para alívio da galera.

A vitória manteve o Flamengo com sua chance mínima de chegar ao terceiro título brasileiro seguido (e nono na história). O time foi aos 70 pontos, oito atrás do líder Atlético, que poderá ser campeão na quinta-feira caso vença o Bahia, em Salvador. Mas garantiu ao time pelo menos o vice-campeonato. Não pode mais ser alcançado pelo Palmeiras. O Ceará é o oitavo colocado, com 49 pontos, na zona da fase preliminar da Libertadores. Veja aqui  a tabela de classificação da Série A do Brasileiro

Gabigol acena para a torcida após abrir o placar para o Flamengo – Marcelo Cortes/Flamengo

Primeiro tempo

O Flamengo entrou com um time mesclado com titulares e reservas e  marcou logo no primeiro ataque. Fabinho vacilou e perdeu a bola para Diego pertinho da área. Este tocou para Gabigol fazer 1 a 0 com categoria e correr para festejar com a torcida nas cadeiras. Até selfie tirou.

A vantagem fez o Rubro-Negro esperar o adversário em seu campo e buscar contra-ataques. Deu certo, pois os cearenses não tinham espaço e quando perdiam a bola o Fla assustava. Andreas Pereira fez grande jogada e deu para Bruno Henrique marcar, mas o VAR anulou por impedimento (correto). Matheuzinho arrancou e cruzou para Gabi mandar no travessão. O time jogava bem. Muito disso com a boa estratégia na meiúca, com Thiago Maia preso, Andreas solto para ir ao ataque e Diego como meia-atacante. Funcionou.

Segundo tempo

O Ceará voltou ainda mais ofensivo e dando mais espaços para contra-ataques. Gabi, Everton Ribeiro e Bruno Henrique (duas vezes)  desperdiçaram oportunidades em sequência. Na reta final, com Arrascaeta e Michael em campo, o time seguiu criando chances. Porém, aos 26, veio o susto: Yony González avançou pela direita, chutou para defesa parcial de Hugo e Rick completou. Foi um balde de água fria.

Mas o Fla seguiu em cima, com Michael bem ligado. Na primeira, pela esquerda, deu para Gabi perder a chance. Depois, aos 33, foi ao fundo pela esquerda e, após ajeitada de Bruno Henrique, Matheuzinho fez 2 a 1.  No fim, o Ceará sufocou.  Pelo Flamengo, Andreas perdeu uma chance, livre, na cara do gol. Mas o Mengo saiu vivo.

FLAMENGO 2 X 1 CEARÁ 36ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO Data:  30/11/2021 Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ) Público presente: 47.862 Público pagante: 46.481 Renda: R$ 1.488.265,00 FLAMENGO: Diego Alves (Hugo, aos 21′ do 1ºT); Matheuzinho, Léo Pereira (Bruno Henrique, no Intervalo), Gustavo Henrique e Ramon (Renê, aos 38′ do 2ºT); Thiago Maia, Diego (Arrascaeta, aos 15′ do 2ºT) e  Andreas; Everton Ribeiro (Michael, aos 15′ do 2ºT), Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Maurício Souza CEARÁ: João Ricardo, Igor (Airton, aos 46′ do 2ºT), Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco; Fabinho (Marlon, aos 38′ do 2ºT), Fernando Sobral (Cleber, aos 46′ do 2ºT) e Lima (Jorginho,aos 19′ do 2ºT); Mendoza, Kelvyn (Rick, aos 19′ do 2ºT) e Yony González  Técnico: Tiago Nunes Gols: Gabigol, aos 2′ do 1ºT (1-0); Rick, aos 26′ do 2ºT (1-1); Matheuzinho, aos 33′ do 2ºT (2-1) Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) Auxiliares: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN) VAR:  Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) Cartões amarelos: Gabigol, Everton Ribeiro, Thiago Maia, Bruno Henrique, Ramon, Gustavo Henrique (FLA); Lima (CEA)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo