Flamengo deve buscar técnico estrangeiro para 2022 | OneFootball

Flamengo deve buscar técnico estrangeiro para 2022

Logo: MaisQueUmJogo - MQJ

MaisQueUmJogo - MQJ

O Flamengo junta os cacos após a derrota na final da Libertadores e começa a olhar para 2022. O horizonte rubro-negro aponta para um técnico estrangeiro para a próxima temporada. O Fla anunciou a saída de Renato Gaúcho nesta segunda-feira.

Com Maurício Souza no comando até o fim do Brasileiro, o Fla tem tempo para avaliar as opções e acertar no substituto de Renato Gaúcho. A ideia é novamente ter um gringo no banco de reservas.

Marcos Braz e Flamengo começam a pensar em 2022 (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

O sucesso de Jorge Jesus, de 2019 a 2020, ainda está fresco na memória da torcida do Flamengo. Quando o técnico português voltou para o Benfica, o Fla foi convicto: buscaria outro estrangeiro. Após se reunir com alguns nomes, contratou o espanhol Domènec Torrent. Ele, entretanto, não ficou muito tempo. O Flamengo se voltou, então, ao mercado nacional, até pela necessidade de substituir Dome rapidamente. Rogério Ceni foi a escolha.

Relacionadas

Ceni foi campeão brasileiro, da Supercopa do Brasil e do Carioca, mas não resistiu a problemas internos e à oscilação no Brasileiro. Novamente, o Fla se viu forçado a encontrar um nome rapidamente. A bola da vez foi Renato Gaúcho.

Agora, o Flamengo tem mais tempo para contratar um treinador, o que ajuda o objetivo de buscar um técnico gringo. Nomes como Marcelo Gallardo, do River Plate, e o português André Villas-Boas, ex-Olympique de Marselha, Chelsea e Porto, já aparecem no radar, pelo menos para uma consulta prévia.

O Fla vai definir o orçamento e quanto está disposto a investir por uma nova comissão técnica.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo