Ferraresi diz por que decidiu deixar Europa e não vê retrocesso: “Aqui é o lugar certo” | OneFootball

Ferraresi diz por que decidiu deixar Europa e não vê retrocesso: “Aqui é o lugar certo”

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Nahuel Ferraresi foi apresentado na última segunda-feira como novo reforço do São Paulo. O zagueiro de 23 anos, que pertence ao Grupo City, volta à América do Sul após quatro temporadas no futebol europeu, mas não vê retrocesso em sua escolha, sobretudo por ter se transferido a um dos principais clubes do continente.

Nos últimos anos, o venezuelano defendeu o Peralada, da Espanha, além do Porto, Moreirense e Estoril Praia, de Portugal. Nahuel Ferraresi, entretanto, não conseguiu chamar atenção suficiente para ganhar uma oportunidade em um clube de maior expressão na Europa, e não titubeou quando foi procurado pelo São Paulo.

“Não acho um retrocesso, pelo contrário. É um passo adiante para seguir meu crescimento profissional. Seguirei trabalhando dia a dia para seguir crescendo em minha carreira. Quero seguir somando, no mais alto nível e aqui é o lugar correto para isso. Clube que joga torneios internacionais e está sempre brigando no Brasileirão. Venho para isso, para seguir competindo no mais alto nível”, disse Nahuel Ferraresi.

O São Paulo teve como trunfo para viabilizar a chegada do zagueiro não só a boa relação de seu presidente, Julio Casares, com a alta cúpula do Grupo City, mas também o desejo de Nahuel Ferraresi em defender o clube.

No Tricolor, Ferraresi terá a oportunidade de compartilhar vestiário com jogadores que marcaram época no futebol europeu, como o zagueiro Miranda e o lateral-direito Rafinha. Eder, que chegou a disputar Eurocopa pela seleção italiana, é outra referência para o venezuelano.

“Orgulhoso de compartilhar vestiário com uma lenda [Miranda]. Desde pequeno acompanho o futebol internacional e sempre o vi no Atlético de Madrid. Não só ele, mas Rafinha, Eder, jogadores de nível mundial. Vou aprender no dia a dia para poder somar no pessoal e profissional”, concluiu.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo