Fernando Lázaro explica variação tática do Corinthians e diz que Sylvinho tem domínio em esquema

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcdn.meutimao.com.br%2F_upload%2Fnoticia%2F2021%2F05%2F21%2Ffernando-lazaro-analista-de-desempenho-do-jv941w.jpg&q=25&w=1080

O Corinthians goleou o River Plate, do Uruguai, por 4 a 0 e se despediu na segunda colocação do seu grupo na Copa Sul-Americana. Diferente do esperado, o time comandado atuou com uma linha de quatro defensores nesta noite.

Para Fernando Lázaro, analista de desempenho que ficou no comando do time nas duas últimas partidas, o elenco do Corinthians permite uma variação tática nos jogos.

"Atuamos com três e quatro zagueiros... fizemos jogos com linha de três porque tinha possibilidade, mas jogamos com quatro também. É um sistema que muitos já participaram", disse em coletiva pós vitória contra o River Plate.

A partida marcou a despedida de Fernando Lázaro do comando do clube, já que Sylvinho vai fazer a sua primeira partida como treinador do clube no próximo domingo. Lázaro explicou o motivo de ter usado a linha de quatro defensores.

"O Sylvinho gosta desse sistema, tem domínio, mas a linha de três nunca... no Lyon, por exemplo, foi usada. Nada é definitivo, vai sendo desenvolvido e passo a passo vamos ter a nossa consistência", explicou Lázaro.

Após duas goleadas nas últimas partidas da Copa Sul-Americana, o Corinthians vira a chave e estreia no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, sob o comando de Sylvinho, contra o Atlético Goianiense na Neo Química Arena.

Saiba mais sobre o veículo